Violência Urbana: Fisioterapeuta morre, atingida por tiros, no momento da “Virada”

Salvador: A vítima, uma mulher de 37 anos, foi atingida por disparo de arma de fogo, durante as comemorações da virada 21/22, juntos com amigos e familiares, em Alto de Coutos, na Rua Muniz Travassos, local onde morava a médica Fisioterapeuta. 

Segundo informações, preliminares, a vítima foi atingida no exato momento que suspeitos, supostamente envolvidos com tráfico, efetuaram vários disparos para o alto, no momento da virada.

As informações divulgadas pela Rede Bahia, durante o Jornal da Manhã, apontam a vítima como sendo Valéria Maria Cardoso dos Santos Teles, fisioterapeuta. Segundo familiares no exato momento da queima de fogos, Valéria desmaiou. 

Socorrida e levada para o Hospital do Subúrbio, os médicos atestaram o óbito, e somente com a informação da causa morte, tiveram acesso a informação de que Valéria havia sido baleada.

SEPULTAMENTO

O sepultamento foi realizado no Cemitério Bosque da Paz, na tarde  do último Domingo, (02),  a vítima era casada e deixa esposo e filho de 8 anos. Quem seguirá com as investigações será Delegacia de Homicídios.

HOMENAGEM

Amigos, Clientes e Diretoria da Clínica PHYSIOSERV, onde Valéria trabalhava fizeram, uma homenagem, nas Redes Sociais:

“Nossa Família PHYSIOSERV está de luto. PERDEMOS AGORA UMA DE NOSSAS FILHAS MAIS QUERIDAS – Valéria, nossa Val. Minha alma, meu corpo chora, toda PHYSIOSERV chora e essa dor não tem reparo, essa não sabemos tratar porque não tem como. Só podemos orar à Deus que acolha com muita luz nossa filha, nossa irmã, nossa companheira de tanta vida e a família nesse momento indescritível de dor. Não tenho palavras, só lágrimas e muita saudade. Nossa Val, você estará sempre no nosso coração”.

Fonte: Com informação Jornal da Manhã / Acessepolítica.

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos”.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.