Matou e desmembrou filha bebê durante prisão domiciliar

Um homem de 31 anos foi detido, na última sexta-feira, em Connecticut, EUA, por matar e esquartejar a filha de 11 meses.

Christopher Francisquini estava foragido desde o dia do crime, cometido no dia 18 de novembro. Foi detido na tarde de 2 de dezembro, em um ponto de ônibus do estado norte-americano, depois de um cidadão tê-lo reconhecido devido à divulgação do caso na imprensa.

Quando matou a pequena Camilla, Christopher, que já tem ficha por vários tipos de crime, estava em prisão domiciliar. Após o homicídio, cortou a pulseira eletrônica e fugiu.

De acordo com o Daily Mail, que cita as autoridades norte-americanas, o homem sufocou a menina e depois esfaqueou-a e desmembrou o seu corpo.

Entretanto, o Departamento da Polícia de Waterbury partilhou, no canal de Youtube da esquadra, o vídeo da detenção de Christopher. Nas imagens é possível ver vários carros da polícia e agentes cercando e prendendo o homem.

Christopher foi detido 28 horas depois de as autoridades terem pedido ajuda à sociedade. A recompensa por informações sobre o seu paradeiro era de 25 mil dólares. Apesar disso, a pessoa que deu o alerta às autoridades não quis ser identificada e recusou o dinheiro.

Fonte: Notícias ao Minuto

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.