VICE, Republicanos: Escolha de Ana Coelho, Deputado Tiago Correa, PSDB, nega “cartas marcadas”

754

O deputado estadual Tiago Correia (PSDB) rechaçou que tenha sido um “jogo de cartas marcadas” a escolha da sua esposa, Ana Coelho (Republicanos), para a vice de ACM Neto.

O deputado estadual Tiago Correia (PSDB) rechaçou que tenha sido um “jogo de cartas marcadas” a escolha da sua esposa, Ana Coelho (Republicanos), para a vice de ACM Neto (União Brasil). Segundo ele, ACM Neto desconhecia, até julho, da filiação da empresária ao Republicanos, partido que a indicou para a chapa oposicionista. 

“Nunca (foi jogo de cartas marcadas). Esqueça. Ela nem considerava a possibilidade (de ser candidata à vice-governadora). Todos estavam acompanhando que os principais nomes eram Marcelo Nilo e José Ronaldo. E, na última semana, percebemos que o quadro começou a ficar confuso”, disse Tiago Correia. “Neto sempre demonstrou uma preferência pessoal por Zé Ronaldo”, acrescentou. 

Segundo ele, Ana Coelho se filiou ao Republicanos no dia 2 de abril – último dia do prazo imposto pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para o registro de novos membros – porque ele viu que “existia (no partido) um espaço para ser ocupado”.  

“Ela era filiada ao PSDB. Por conta das alterações partidárias, que ocorreram naquele período, principalmente, no Republicanos, enxergamos ali um espaço vazio a ser ocupado”, disse ele. Tiago afirmou que Neto desconhecia que a empresária estava filiada ao Republicanos. “Não comunicamos. Fizemos a filiação calado”, ressaltou. 

PERMANÊNCIA
 
Candidato ao Senado, o deputado federal Cacá Leão (PP) comemorou a decisão do ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo (União Brasil), de permanecer no grupo político, e aceitar ser coordenador-geral da campanha eleitoral de ACM Neto ao governo da Bahia. Para Cacá, Zé Ronaldo, como é conhecido, representa “uma grande força política do nosso estado”. 

“Zé é uma figura que tem todo o meu carinho e respeito. Ao longo desses últimos 90 dias, eu pude me aproximar ainda mais dele. Tenho com ele uma relação fraterna muito forte, se tornou um grande conselheiro. A função de coordenador-geral, sem dúvidas, agrega ainda mais a este projeto que eu tenho certeza de que vai nos garantir, no dia 02 de outubro, uma grande vitória na Bahia”, disse Cacá Leão. 

Fonte: TRBN

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos”