Verstappen freia empolgação da Mercedes e faz a pole position no GP do México

O desempenho nos treinos livres e nas duas primeiras sessões classificatórias encheram a Mercedes de esperança de ter a pole position no GP do México, mas quem ficou com ela foi o campeão antecipado Max Verstappen, dono do melhor tempo do Q3 deste sábado e de todo o final de semana, com 1min17s755. Os representantes da equipe alemã, George Russell e Lewis Hamilton, ficaram com o segundo e terceiro lugar do grid, respectivamente.

Embora tenha vencido a etapa mexicana três vezes (2017, 2018 e 2021), Verstappen nunca havia conseguido largar em primeiro lugar. No domingo, às 17 horas no horário de Brasília, será a primeira vez. Esta é a sexta pole dele na temporada. O pelotão de frente do grid ainda conta com o piloto da casa Sergio Pérez em quarto lugar e Carlos Sainz em quinto. Valtteri Bottas, Charles Leclerc, Lando Norris, Fernando Alonso e Esteban Ocon completam o top 10.

Depois de dominar o terceiro treino livre com Russell em primeiro e Hamilton em segundo, a Mercedes teve o líder também no Q1, mas dessa vez a primeira posição foi do heptacampeão, que fez uma volta de 1min19s169, enquanto Russell anotou o sexto tempo. O top 5 teve Verstappen, Leclerc, Bottas e Sainz. Já os eliminados foram Mick Schumacher, Sebastian Vettel, Lance Stroll, Alexander Albon e Nicholas Latifi.

No Q2, Hamilton continuou sendo o mais veloz, depois de anotar o tempo de 1min18s552, com Russell um pouco mais perto desta vez, como dono da terceira volta mais veloz. O ferrarista Carlos Sainz ficou entre os dois pilotos da Mercedes, em segundo. Max Verstappen e o piloto da casa Sérgio Perez, da Red Bull, foram o quarto e o quinto,respectivamente. Ricciardo, Zhou, Tsunoda, Gasly e Magnussen ficaram de fora do Q3.

As esperanças alimentadas pela Mercedes desde os primeiros treinos livres foram frustradas pelo campeão da temporada. Verstappen estabeleceu o tempo de 1min17s755 em sua última tentativa, deixou Russell e Hamilton para trás e garantiu sua primeira pole position em território mexicano.

Na largada de domingo, a FIA deve aplicar duas punições. Magnussen, que fez o 15º quinto tempo, perde cinco posições por ter trocado um componente do motor e largará em 19º. Lance Stroll, punido pelo acidente com Alonso no GP dos Estados Unidos, terminou em 18º e terá de largar em 20º.

Veja o como ficou o grid de larga do GP do México:

1º – Max Verstappen (HOL/Red Bull), em 1min17s775

2º – George Russell (ING/Mercedes), em 1min18s079

3º – Lewis Hamilton (ING/Mercedes), em 1min18s084

4º – Sergio Pérez (MEX/Red Bull), em 1min18s128

5º – Carlos Sainz (ESP/Ferrari), em 1min18s351

6º – Valtteri Bottas (FIN/Alfa Romeo), em 1min18s401

7º – Charles Leclerc (MON/Ferrari), em 1min18s555

8º – Lando Norris (ING/MClAREN), em 1min18s721

9º – Fernando Alonso (ESP/Alpine), em 1min18s939

10º – Esteban Ocon (FRA/Alpine), em 1min19s010

——————————————————————-

11º – Daniel Ricciardo (AUS/MCLaren), em 1min19s325

12º – Guanyu Zhou (CHI/Alfa Romeo), em 1min19s476

13º – Yuki Tsunoda (JAP/AlhpaTauri), em 1min19s589

14º – Pierre Gasly (FRA/AlhpaTauri), em 1min19s672

—————————————————————————-

15º – Mick Schumacher (ALE/Haas), em 1min20s419

16º – Sebastian Vettel (ALE/Aston Martin), em 1min20s419

17º – Alexander Albon (TAI/Williams), em 1min20s859

18º – Nicholas Latifi (CAN/Williams), em 1min21s167

19º – Kevin Magnussen (DIN/Haas), em 1min19s833 (5 posições de punição)

20º – Lance Stroll (CAN/Aston Martin), em 1min20s520 (3 posições de punição)

Fonte: Notícias ao Minuto

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.