Vacinação profissionais de imprensa, Deputado Robinson Almeida, PT, propõe SESAB aprova prioridade aos profissionais

689

O deputado Robinson Almeida (PT) protocolou, na Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), uma indicação, na qual pede ao governador Rui Costa que estenda aos jornalistas a prioridade na vacinação contra a Covid-19. O petista ressalta que esses profissionais estão na linha de frente da cobertura das notícias em meio à pandemia.

“Esses profissionais estão desempenhando importante papel ao levar informação para todos. Contudo, nas coberturas, em contato com médicos e pacientes, se colocam em risco direto de contaminação”, argumentou Robinson.

Ainda em seu texto, o parlamentar destaca o empenho feito pelo governador Rui Costa na condução dos problemas decorrentes da pandemia do novo coronavírus.

“A vacinação se destaca como providência relevante, porquanto somente a imunização permitirá o início de um retorno seguro às atividades normais e regulares. Nesse processo, é preciso prestar atenção a determinadas classes de trabalhadores, que no desempenho das suas funções, têm contato mais direto com o público. É a situação dos jornalistas”, reforçou o deputado

COMISSÃO INTERGESTORES BIPARTITE

Os profissionais de comunicação foram inclusos no grupo de prioridade de vacinação contra a Covid-19 na Bahia. Em reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) realizada nesta terça-feira (18), foi aprovada a inclusão de profissionais com idade superior a 40 anos. O grupo abrange ainda cinegrafistas e blogueiros registrados.

O secretário de saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, afirmou que jornalistas, apresentadores, radialistas, blogueiros, cinegrafistas e fotógrafos atuando em atividades externas, ambientes confinados tais como redações e estúdios serão vacinados.

Para tomar a vacina, será necessário apresentar carteira profissional ou carta da empresa onde trabalha. A ideia é proteger os profissionais que estão em risco desta classe essencial para a sociedade”, explicou o secretário.

Na reunião, ficou definido ainda que 70% das doses recebidas serão destinadas à continuidade da vacinação de grupos prioritários definidos no Plano Nacional de Imunização. Os demais 30% serão usados para vacinar a população em geral, com idade de 59 a 18 anos, de forma escalonada.

A decisão da CIB foi publicada no Diário Oficial do Estado na próxima quinta-feira (20).

Procurado por nossa reportagem, o secretário municipal da Saúde, Leo Prates, disse que a vacinação dos profissionais de comunicação ainda vai ser organizada.

*Com informações Gabinete – ALBA

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos.”

Deixe uma Resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui