Uefa pede árbitros mais rígidos com jogadores que fazem simulação em campo

A Uefa cobrou nesta sexta-feira uma atitude mais rígida dos árbitros diante de situações de simulação em campo em jogos da Liga dos Campeões, da Liga Europa e da Liga Conferência. A fase de grupos das três competições continentais de clubes da Europa começa na próxima semana.

Em comunicado, a entidade responsável pelo futebol europeu enfatizou que quer mais punições a jogadores que simulem faltas ou exagerem reações diante de uma infração do oponente, situações que já geraram críticas e até memes em nível mundial a Neymar, chamado de "cai cai" na época da Copa do Mundo da Rússia, em 2018.

"Isso representa conduta injusta por jogadores contra seus colegas jogadores, um exemplo ruim de comportamento desrespeitoso", afirmou Roberto Rosetti, chefe da arbitragem da Uefa, que pediu mais atenção e agilidade aos juízes na identificação destas situações em campo.

"É crucial para os árbitros serem capazes de ler a partida e compreender o espírito do jogo nestas situações", explicou o italiano, que apitou a final da Eurocopa de 2008 e diversas partidas das Copas do Mundo de 2006 e 2010.

A Uefa também pediu mais atenção com jogadores que tentam intimidar a arbitragem, pressionando para influenciar em determinadas decisões em campo. A entidade quer ainda maior rigidez dos juízes em casos de confrontos coletivos entre jogadores e comissões técnicas durante as partidas.

"Estamos determinados a proteger a imagem do futebol. E consideramos que há certos tipos de comportamento em campo e no banco de reservas que são inaceitáveis", disse a Uefa, em comunicado.

As orientações da Uefa acontecem às vésperas de uma série de torneios que vão tornar a temporada europeia uma das mais movimentadas dos últimos anos, por contar com as disputas da Liga das Nações, entre seleções, e a interrupção do calendário para a Copa do Mundo do Catar, entre novembro e dezembro.

"Queremos que nossos árbitros permaneçam humildes, com os pés no chão, que trabalhem

duro, com disciplina, focados em metas, com força e respeito", disse Rosetti.

Uma das novidades para o trabalho da arbitragem nesta temporada será o auxílio do novo sistema de marcação de impedimento, com formato semiautomatizado, com ajuda de diversas câmeras. O sistema também será usado pela Fifa no Mundial do Catar.

Fonte: Notícias ao Minuto

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.