Tenista acusa ex-técnico de estupro e violência sexual

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – A tenista francesa Fiona Ferro apresentou uma queixa contra Pierre Bouteyre, seu ex-treinador, por estupro e violência sexual cometidos entre 2012 e 2015, quando ela tinha de 15 a 18 anos. A informação foi revelada pelo jornal francês Nice-Matin.

Bouteyre, de 50 anos, foi indiciado há duas semanas e pode ser condenado a 20 anos de prisão. O treinador declarou que teve relações sexuais com o atleta, mas disse que o ato foi consensual.

"Ele reconhece a materialidade dos fatos, mas contesta a acusação de estupro", declarou a advogada de Bouteyre, Virginie Pin.

O treinador está proibido de entrar em contato com Fiona e de treinar menores de idade. A polícia agora investiga se ele teria cometido os crimes contra outros atletas.

Fiona, atualmente com 25 anos, fez a queixa em fevereiro. Ela chegou a ser número 39 do mundo e atualmente ocupa a 259ª posição do ranking da WTA.

A advogada dela, Isabelle Colombani, deseja que o ranking atual de Fiona seja congelado por enquanto.

Fonte: Notícias ao Minuto

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.