Simões Filho: Prefeito Dinha, não cumpre promessa e é acusado de perseguir “Trabalhador Informal”

842

Simões Filho: Município da RMS – Região Metropolitana de Salvador, desde 2017 o Poder Executivo é comandado por Diógenes Tolentino Oliveira, prefeito Dinha foi eleito pelo MDB, atualmente está sem partido é aliado de ACM Neto e do Deputado Federal Paulo Azi, ambos do União Brasil. Dinha tem como principal objetivo, em 2022, reeleger a primeira dama Kátia Oliveira na disputa por sua recondução à ALBA como Deputada Estadual.

DINHA, NÃO CUMPRE PROMESSA

Segundo lideranças dos trabalhadores informais, que trabalham no centro da cidade, na rua Hermínio M. Bonifácio x Rui Barbosa, havia a promessa desde o primeiro mandato, em 2017, de que seria  construído um espaço denominado “CAMELODROMO”, para acolher os trabalhadores informais do centro.

O prefeito Dinha, está impondo a realocação dos Trabalhadores Informais, para o Complexo de Abastecimento e Serviços Jeová Jireh, em área anteriormente destinada aos ambulantes da FEIRINHA, trabalhadores que ficavam na parte externa do antigo Mercado Municipal.

  Perseguição FALTA  RESPEITO AOS TRABALHADORES

Antônio Carlos é trabalhador informal, a mais de 30 anos, e sempre trabalhou no centro. Sempre preocupado, buscou a legalização das suas atividades, tornando-se MEI – Micro Empreendedor Individual, hoje, emprega mais 3 trabalhadores. Em entrevista ao Redação Nacional, declarou-se decepcionado com o prefeito Dinha…

“Sempre apoio o prefeito, em minha casa são 10 votos, e com essa perseguição aos trabalhadores informais, não tem como apoiar e votar na Deputada Kátia Oliveira…” Ouçam a entrevista completa, de um trabalhador revoltado com as ações da Secretária de Ordem Pública, e com a intransigência do prefeito Dinha, em mais uma ação de repressão contra os trabalhadores informais do centro, sem ter cumprido com a promessa de construir um espaço para manter a renda das famílias.

 

Fotos & Fonte: Redação Nacional

sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos”