Simões Filho: Dona Ritinha, se emociona ao tomar a primeira dose da vacina

342

 

Simões Filho: Cidade localizada na RMS – Região Metropolitana de Salvador,  até o momento, dentro do PNI  – Plano Nacional de Imunização a informação, contida boletim de vacinação de que, até o momento, como informa o boletim de vacinação, foram recebidas 4.320 da primeira dose e mais 1.700 da segunda dose da vacina, perfazendo-se um total de 6.020 doses aplicadas, para uma população estimada em mais de 145.000 habitantes.

 Iridan Brasileiro – Secretária de Saúde

“Vamos seguir dialogando com as demais esferas do governo federal, Estadula,  para que novas doses sejam enviadas e o programa de imunização seja retomado o mais breve possível. É importante lembrar que a 2ª dose do imunizante para os idosos de 80 anos ou mais, continuam disponíveis e o grupo precisa concluir o ciclo vacinal”, pontuou.

DONA RITINHA

Após um período de grande expectativa Sra. Maria Rita Lima dos Santos,  74 anos, ficou eufórica e emocionada ao receber a PRIMEIRA DOSE da vacina.

DUI DE RITINHA – Coordenador Municipal de Eventos Culturais

A expectativa era grande por esse momento. E, trazer minha  mãe para receber a vacina, é retribuir todo carinho, dedicação que ela sempre me dedicou, todos na família estávamos ansiosos por esse momento, Dona Ritinha, minha mãe faz parte do grupo de risco. E, agradeço à Deus por ela, após essa primeira dose, manter a expectativa e cuidados, até o momento da segunda dose e, após o período indicado pelos profissionais de saúde ficará imune ao coronavírus.

Temos que continuarmos evitando aglomerações, fazendo uso do álcool em gel, e todas as medidas de higiene assim evitaremos que mais famílias tenham contato com essa enfermidade que tem enlutado famílias no Brasil e no mundo. Falou ao Redação Nacional Dui de Ritinha.

Fonte: Redação

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos.