Simões Filho: Cassinha, desabafa sobre a saúde no município “Deus vai cobrar de Você, não tem vergonha não Dinha…!!!??”

1314

BRONCA NA SAÚDE: A cidade de Simões Filho, está localizada na RMS – Região Metropolitana de Salvador, com um dos maiores orçamentos dentre os 417 municípios, como a sétima  maior arrecadação do Estado da Bahia, desde 2017 o Poder Executivo está sob comando do prefeito Diógenes Tolentino Oliveira – Dinha, (Sem Partido).  As reclamações da população, são constantes, no que refere-se à precariedade dos serviços públicos municipais na área da Saúde. O principal órgão fiscalizador, deveria ser os membros do Poder Legislativo, incluindo a falta de fiscalização da Comissão Permanente de Saúde, porém Dinha, conta com o apoio  de uma maioria, absoluta, 18 Edis, declaram-se da base governista.

DENÚNCIA

A equipe de jornalismo do Redação Nacional, recebeu um Vídeo-Denúncia, onde uma liderança da comunidade, Cassinha, cobra do prefeito Dinha, providências na melhoria do atendimento na Saúde, trazendo um forte relato que precisou encaminhar uma moradora de Simões Filho, para  passar por procedimento cirúrgico, histerectomia, que foi realizado na Santa Casa, localizada na cidade de Rui Barbosa à 292 Km de distância.

A paciente, Sra. Ferreira, de 42 anos sofreu durante um longo período, na busca por atendimento de qualidade através da Rede Municipal de Saúde, de Simões Filho, diante do agravamento do quadro, com muitas dores e risco, foi necessário buscar uma outra opção de atendimento. E, segundo as informações contidas no vídeo, o presidente da Comissão de Saúde da ALBA, Deputado Eduardo Alencar, conseguiu viabilizar o atendimento, com os diretores da Santa Casa de Rui Barbosa sendo possível a realização do processo operatório.

Iridan Brasileiro, Secretária Municipal de Saúde, enfermeira de formação, ignora por completo a real situação da pasta, omite-se em dar esclarecimentos à população, considerada ausente do município, mesmo sendo “responsável” por tão sensível pasta que trata da saúde dos cidadãos.

 Age com  falta de transparência negando-se a atender os constantes pedidos de entrevista do Redação Nacional.

HISTERECTOMIA

A histerectomia radical é uma cirurgia para tratar alguns tipos de câncer de colo do útero. Neste procedimento são retirados o útero, os ligamentos que o fixam na pelve e de 2 a 4 cm do fundo da vagina. A histerectomia para câncer de útero ou ovário remove menos tecido. Após retirar o colo do útero, o cirurgião sutura a vagina no seu topo. A parte superior da vagina cicatriza e se torna um canal fechado. A vagina não fica, como algumas mulheres pensam, um túnel aberto na pelve.

 

Vídeo: Encaminhado ao Redação Nacional – Foto: Divulgação – Facebook.

 

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos”