Serviços Municipais:  Em Salvador, o apagão causou  alterações na prestação de serviços essenciais

Devido ao apagão de energia ocorrido na manhã desta terça-feira (15), os serviços municipais sofreram alteração. O atendimento ao público nos órgãos e autarquias foram suspensos provisoriamente e o serviço 156 está fora do ar até que a energia seja reestabelecida.

Na área de transporte, a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) montou uma operação especial para atender a população. Os usuários que ficaram impossibilitados de utilizar o metrô contam com linhas especiais que ligam os terminais: Mussurunga, Acesso Norte, Pirajá e Lapa. E as linhas que operam na região do Vale dos Barris também estão atendendo a Estação da Lapa.

 

Os ascensores de Salvador (Elevador Lacerda, Elevador do Taboão, Plano Inclinado Gonçalves, Plano Inclinado Liberdade-Calçada e Plano Inclinado Pilar) tiveram o funcionamento interrompido. A operação dos equipamentos será retomada assim que a energia for restabelecida.

O BRT segue a sua operação normal sem alterações no funcionamento. Agentes da Semob estão nas ruas garantindo a operação de transporte a fim de evitar transtornos.

No caso do trânsito, devido à falta de funcionamento das sinaleiras, os agentes da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) estão em diversas interseções da cidade para ordenar o fluxo de veículos e orientar condutores e pedestres. A recomendação para a população é de que redobrem a atenção nas vias.

Fonte: Secom – Foto: Divulgação

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos.”

Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservados.

 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.