Saúde: Médico explica lesão na coluna que afastou Wesley Safadão

1037

Saúde: Wesley Safadão está passando por uma fase complicada de saúde. No último sábado (25), a assessoria do cantor, por meio de um comunicado oficial, informou que ele irá dar uma pausa na agenda de shows após sofrer uma lesão na coluna.

“A WS Shows, empresa que gerencia a carreira de Wesley Safadão, informa que por motivos de saúde do cantor, os shows que aconteceriam hoje (25/06) em Santo Antônio de Jesus/BA e Conceição do Jacuípe/BA e amanhã (26/06) em Ibicuí/BA, Santa Luzia/PB e Monteiro/PB, respectivamente, não poderão ser realizados.

Vídeo, originalmente publicado pelo site AloaloBahia.

https://www.instagram.com/reel/CfZn9llDHrs/?utm_source=ig_web_copy_link

Wesley Safadão encontra-se em recuperação de uma lesão na coluna e por recomendações médicas ficará em repouso. O artista retomará a agenda normalmente após alta médica. Agradecemos o carinho e a compreensão de todos”, dizia a nota.

 

O médico Wanderley Cerqueira de Lima, que é neurocirurgião do Hospital Israelita Albert Einstein, que explicou a lesão na coluna que afastou Safadão dos palcos e fez alguns alertas. Confira!

“A dor lombar é uma causa frequente de idas ao pronto socorro e também de ausências  frequentes no trabalho, como aconteceu agora com o cantor Wesley Safadão. Conviver com dor na coluna como a hérnia de disco, pode afetar tanto uma pessoa – que os impactos negativos podem causar grandes danos físicos, pessoais, profissionais e até financeiros. Tratar esses problemas só traz benefícios para o indivíduo e para toda a sociedade que cada vez mais sofre com tantos problemas desse tipo”, começou o médico.

FATORES DE RISCO

Idade, que começa entre 30 e 40 anos

Falta de exercícios físicos que levam a fraqueza muscular

Excesso de peso

Levantar-se inapropriadamente

Tabagismo

MEDIDAS PREVENTIVAS

Para evitar hérnia de disco lombar e outras dores na coluna é indicado, Exercícios de baixo impacto, fortalecimento muscular e flexibilidade

Manter o peso ideal

Evitar movimentos bruscos

Levantar e sentar mantendo uma boa postura sem desleixo

Evitar levantar peso excessivo

Abandonar o cigarro

Mudança no estilo de vida, evitando atividades que pioram a dor durante o processo de recuperação ou tratamento

QUANDO PROCURAR UM NEURO CIRURGIÃO?

“Se a dor não melhorar com o passar do tempo, se a dor não melhorar com o repouso, se a dor irradiar para uma perna ou ambas as pernas, se tem fraqueza, adormecimento ou formigamento em uma ou em ambas as pernas, se tem osteoporose.

Um neurocirurgião faz o diagnóstico neurológico: avalia a postura do paciente, a habilidade para andar, avalia a força muscular e sensibilidade de pesquisa os reflexos. O tratamento inicial é conservador, evitando posições que causam dores, realizar exercícios planejados com fisioterapia analgésica e uso de analgésicos, anti-inflamatório e relaxante muscular.

A cirurgia é realizada se o tratamento conservador falhar após seis semanas, e o paciente continuar com queixas de adormecimento ou fraqueza na perna, dificuldade para ficar em pé ou andar, perda de controle da urina e da função intestinal”, finalizou.

De acordo com o Ministério da Saúde, as dores lombares ou lombalgias, são a maior causa de faltas no trabalho dos brasileiros.

Já segundo o ranking de auxílios-doença concedidos pelo INSS, em 2016, 116.371 pessoas tiveram que se ausentar do emprego por, no mínimo, duas semanas em razão desses episódios de dores e desajustes na coluna.

Fonte: IstoÉ

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos”