Salvador: Eduardo Bolsonaro, agora é cidadão Soteropolitano e afirma “Não há aceno para ACM Neto”

SALVADORO deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL), filho do presidente Jair Bolsonaro, declarou ontem que o pré-candidato ao Governo da Bahia, João Roma (Republicanos), deve se manter na campanha. O parlamentar alfinetou o governador da Bahia, Rui Costa (PT), e o pré-candidato ao Governo, ACM Neto (UB). Antes de chegar à capital, o deputado passou pela cidade de Feira de Santana, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). 

“Rui Costa está preocupado já. Está colocando Roma em algumas pesquisas à frente do ACM Neto. Não acredito em pesquisa, para mim o andar do povo é que vai pegando o termômetro. Estava lá em Feira de Santana e a recepção foi a melhor possível. Acho que a Bahia vai ter a oportunidade de mostrar que a Bahia não é a Terra do PT”, declarou, em coletiva de imprensa na Câmara Municipal, onde recebeu o título de Cidadão Soteropolitano. 

“Ele [João Roma] certamente teria reeleição para deputado federal confortável. Tá indo para o sacrifício, assumindo uma missão que foi dada pelo presidente Bolsonaro. Poderia seguir à frente da pasta da Cidadania, que estava fazendo um excelente trabalho”. 

O parlamentar rechaçou qualquer aliança de Roma com Neto ao ser questionado sobre quem será o vice do ex-ministro da Cidadania. “Não sei. Tem que perguntar para ele. Não há aceno para ACM Neto. Foram três anos que ele caminhou em sentido oposto ao presidente Jair Bolsonaro. Queria deixar bem claro: conhecendo João Roma, podem desligar a imagem de associação dele com Neto”, garantiu. 

Ele também disse que o herdeiro carlista “representa o passado” e está mais próximo do PT. “Neto é uma pessoa que está muito mais inclinada a apoiar o Lula. […] Essa é a Bahia que a gente quer deixar no passado. João Roma representa o futuro.” 

Eduardo também disse que “não são os partidos que mandam nos votos” ao comentar sobre as alianças partidárias. “Vai ser muito difícil convencer a dona Maria ou seu João, e as pessoas que estão na no sertão, os invisíveis que foram descobertos pelo ministro João Roma agora com o Auxílio Brasil, que agora quase que dobrou [comparado ao] antigo Bolsa Família,  que agora a pessoa não precisa ficar refém dessa Bolsa, ela pode trabalhar e receber o benefício por até dois anos. Então essa pessoa é que você vai ter que convencer”. 

Sobre o título de Cidadão Soteropolitano, proposto pelo vereador Alexandre Aleluia (PL), ele se disse honrado. “Estou muito feliz”, declarou. “Recebo com muita satisfação e muita alegria”. 

Fonte: TRBN

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos”.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.