“Rachado”: Fachin nega pedido do prefeito de Cacimbinhas e mantém convenção do MDB

Eleições 2022:  O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Edson Fachin, negou nesta terça-feira pedido de filiado do MDB de Alagoas e manteve a realização da convenção do partido que deve confirmar a candidatura de Simone Tebet à presidência da República.

Fachin afirma que mesmo online, a convenção “contempla regra expressa que assegura o sigilo dos votos, por meio de sistema a ser utilizado para a realização da reunião”.

Em ação anulatória de convenção, o prefeito de Cacimbinhas (AL), Hugo Wanderley, que também é delegado do diretório estadual do partido, alega que o modelo remoto de convenção não é capaz de garantir o sigilo do voto. A plataforma escolhida é o Zoom.

Além disso, Fachin observa que o sistema oferece etapas de confirmação de quem vota, o que daria mais legitimidade à votação. O ministro destaca que a “solução de votação possui mecanismos de segurança, como a confirmação por mensagem SMS e o registro de uma foto do parlamentar no momento do voto, a fim de evitar a
votação indevida por terceiros”.

A convenção será, nesta quarta-feira, online. Tebet e o presidente nacional do MDB, Baleia Rossi, participarão direto da sede do partido, em Brasília.

Fonte: TSE   –   Foto: Cristiano Mariz

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos”

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.