PULA-PULA: Roberto Souza, rompe o cunhado, Deputado Alan Castro o responsável por sua ascensão política

1997

SIMÕES FILHO: Todos que acompanham os bastidores da política, já sabem que o cenário pode mudar de configuração em um piscar de olhos. Mesmo assim, alguns agentes políticos tem ultrapassado a linha da razoabilidade, por conveniência política, ambição, ou ambas as hipóteses.

Este é o atual cenário que envolve o primeiro mandato do vereador, Roberto Souza, eleito pelo PODEMOS, nas últimas eleições realizadas em 2020, no município de Simões Filho – Bahia, sétima economia do estado, localizado na RMS – Região Metropolitana de Salvador.

ROBERTO SOUZA X ALAN CASTRO

A ascensão política de Roberto Souza, em Simões Filho, segundo analistas políticos, deu-se exclusivamente, por conta da estrutura montada pelo Deputado, e cunhado, Alan Castro, (PV).

Em postagens, em suas Redes Sociais, em setembro de 2021, Roberto Souza, demonstrava aos eleitores, forte alinhamento com o Cunhado-Deputado, ao compartilhar fotos com o Senador Jacques Wagner, (PT), em apoio ao candidato Luís Inácio Lula da Silva à sucessão do presidente Bolsonaro.

Roberto Souza, em sua campanha tornou-se um  ácido crítico da gestão, dita, Boa Terra Boa Gente, em seus encontros com os eleitores, afirmava que seria um vereador fiscalizador, exigiria vigilância e cobrança ao trabalho da Secretária Iridan Brasileiro, e agora decide abandonar o discurso, romper politicamente com seu mentor, e fiador político, o cunhado-deputado Alan Castro e, juntar-se aos demais vereadores desta 12ª legislatura em apoio à reeleição do deputado federal, Paulo Azzi – União Brasil e a Deputada Kátia Oliveira, transformando-se, em mais um estelionato eleitoral, como já fizeram Vereadores Belo Gazineu, (PSD) Del da Capoeira, Deni da Metalúrgica, (PSD), Neivaldo Scavelo (PP). Fato que não é inédito, uma vez que na 11ª legislatura os infiéis foram Everton Paim, Jajai, Canjirana… 

REPENSAR, SIMÕES FILHO

Os vereadores, estão incorrendo em um grave erro  de avaliação. Todos afirmam serem “Eles” os detentores do MANDATO, estão equivocados, a permanência é transitória. Pois, quem decide, e é o VERDADEIRO dono dos mandatos são os ELEITORES…

E, o sentimento da coletividade, em Simões Filho, já fora demonstrado nas eleições 2020, com a não reeleição de 12 edis. O teste da paciência, será antecipado para 2022, uma oportunidade de ouro para que os insatisfeitos já indiquem as tendências do pleito de 2024, o cenário, como é praxe na política poderá mudar de forma drástica para esses que manipulam a vontade do eleitor, ou seja até que ponto essas mudanças de posicionamento político favorecerá aos pedidos de votos do atuais ocupantes desta 12ª Legislatura, conseguirão eles votos necessários para eleger a primeira dama e o “forasteiro” Paulo Azzi(União Brasil)…?

Aguardemos, portanto, a divulgação dos eleitos pelo TSE após a futura apuração.

EM TEMPO: A casa caiu… Deputado Alan Castro, convocou, hoje, (19),  mais de 100 nomeados, indicados por Roberto Souza, para reunião em seu gabinete, na ALBA – Assembleia Legislativa do Estado da Bahia. E agora, ficarão alinhados com Alan Castro, ou pedirão exoneração…?

Fonte: Redação Nacional  – Fotos: Redes Sociais – Roberto Souza

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos”.

Deixe uma Resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui