Presidente da Federação Mexicana de Caça atira em búfalo e depois é morto por ele

312

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Presidente da Federação Mexicana de Caça, o advogado Mario Alberto Canales Najjar, 64, acabou sendo morto por um búfalo depois de atirar no mesmo animal. O caso aconteceu na Argentina e foi registrado pelo El País.

Najjar caçava com três amigos quando foi abalroado pelo animal de mais de uma tonelada, poucos minutos depois de acertá-lo com um tiro em um campo na província de Entre Ríos.

Segundo detalhes da reconstrução dos fatos publicada pelo jornal argentino UNO, o advogado chegou a ficar a 30 metros de distância do bicho. Porém, o tiro não foi suficiente para derrubar. Irritado, o búfalo correu para cima dele e o acertou com seus chifres.

Um colega deu mais cinco tiros no animal, mas só depois de ver Najjar muito ferido que conseguiu separar o búfalo do amigo. Ele foi levado para um hospital, mas já chegou morto.
Agora, uma investigação começa para saber se Najjar tinha permissão para caçar búfalos no local.

Fonte: Notícias ao Minuto