Unidade de pronto-atendimento do Rio Vermelho já atendeu, mais de 2.633 profissionais da saúde

23

Com 2.633 profissionais de saúde atendidos até esta segunda-feira (27) no pronto-atendimento criado pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), localizado no prédio da antiga Faculdade Ruy Barbosa, no Rio Vermelho, em Salvador, a unidade é o principal equipamento de apoio para quem trabalha na linha de frente de combate à Covid-19. Dos profissionais que compareceram ao centro, 525 confirmaram ser portadores do coronavírus e 1040 apresentaram resultado negativo. Ao todo, 1.639 fizeram o teste RT-PCR, que é o padrão ouro na detecção do coronavírus. Foram realizados também 295 atendimentos psicológicos. O centro é exclusivo para profissionais que atuam no Sistema Único de Saúde (SUS) e apresentem suspeita de infecção pelo novo coronavírus. Somente em julho, 1.460 trabalhadores da área da saúde já foram atendidos. O superintendente da Fundação Fabamed, José Saturnino Rodrigues, que administra a unidade, afirma que a decisão do Governo do Estado de implantar este equipamento foi mais do que assertiva. “Logo nos primeiros sintomas, os profissionais de saúde são avaliados e coletam amostras para a realização do teste molecular, que é o RT-PCR. Isso possibilita o cuidado precoce e a conduta de isolamento rápido, evitando a disseminação do vírus”, afirma o superintendente CONTINUA APÓS PUBLICIDADE De acordo com o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, “a unidade funciona todos os dias da semana, das 7h às 21h, por demanda espontânea. E em caso de necessidade, o paciente será transferido para o hospital de referência, que é o Hospital Santa Clara”, ressalta Vilas-Boas, ao lembrar ainda que para ser atendido, o profissional deve apresentar o crachá do local de trabalho. A unidade ainda oferta de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, atendimento psicológico. “Montamos uma estrutura para atender adequadamente os profissionais de saúde do SUS, com espaço para coleta de amostras, laboratório simplificado e raio-x portátil”, ressalta o secretário. Fonte: Ascom / Sesab / GOVBA “O jornalismo tem o papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro. Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional. Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos.” Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservado

Deixe uma Resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui