Simões Filho, não durou 2 dias a reabertura de comércio. Dinha, volta à trás e revoga decisão

30

COMÉRCIO: A cidade de Simões Filho, município da RMS – Região Metropolitana de Salvador, vive um dilema nacional. O governo da Boa Terra Boa Gente, segue sem uma posição, oficial sobre como agir, ou um plano de contigência, estudo, sobre o momento ideal para a retomada das atividades econômicas, paralisadas à mais de 90 dias. Após um acordo firmado entre o prefeito Diógenes Tolentino Oliveira, com os empresários do setor do Comércio, Prestadores de Serviços, ficou acordado entre o líder do Executivo e os empresários, com a particiapção da ACOSIF – Associação Comercial e Industrial de Simões Filho, a reabertura, gradual, e com uma série de protocolos à partir de 1º de Julho, conforme decisão publicada, pelo Redação Nacional: https://redacaonacional.com/post/liberado-com%C3%A9rcio-reabre-a-partir-de-amanh%C3%A3-1-de-julho-forma-gradual-e-escalonada-diz-decreto Entretanto, após reunião realizada na cidade de Camaçari, ontem, entre representantes do Governo do Estado, Secretário Estadual de Saúde – Dr. Fábio Vilas Boas, surge a publicação de REVOGAÇÃO DA REABERTURA, e a manutenção do funcionamento das atividades ditas como essenciais. Segue o argumento oficial que as medidas são adotadas com o objetivo de Salvar Vidas. Fonte: Redação Nacional “O jornalismo tem o papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro. Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional. Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos.” Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservado

Deixe uma Resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui