Santa Lúzia: Prefeito Dinha deixa a desejar, comunidade reclama falta coleta de lixo, saneamento…

73

Simões Filho: Um dos principais municípios da RMS – Região Metropolitana de Salvador, atualmente sob Estado de Emergência devido pandemia Coronavírus, registra em diversos bairros da periferia e até mesmo naqueles próximos ao perímetro urbano o registro da falta de investimento em saneamento, coleta regular de lixo, e até mesmo de serviços mínimos de manutenção. SANTA LUZIA A comunidade do Bairro Santa Lúzia, localizado próximo à Quadra VII do CIA I, é um retrato da ausência de serviços públicos, disponibilizado pela atul gestão do prefeito DINHA – MDB. Segundo informações de moradores e lideranças, passados 3 anos e 7 meses, da gestão dita da Boa Terra Boa Gente, a única intervenção feita por Dinha e sua equipe de secretários foi a colocação de um corrimão me uma das escadarias do bairro. PROBLEMAS São várias as queixas relatadas por moradores, durante uma visita feita pela equipe de jornalismo do Redação Nacional, à convite de liderança da comunidade, falta da coleta regular do lixo doméstico, iluminação, problemas de manutenção no esgotamento fluvial, falta de manutenção nos arredores da “Fonte Mineral” com manilhas de esgotos totalmente destruídas, foram alguns dos flagrantes registrados: Valney Salles “Nosso bairro precisa ser visto pelo poder público. Estamos fartos dos membros do governo do prefeito Dinha, continuar a misturar politica com a execução das obrigações, serviços que são atribuições da prefeitura, através das suas secretárias. Acho que a população do Santa Lúzia tem seus direitos, pois pagamos os impostos, não podemos continuar sendo tratados com tanta a falta de respeito, por parte dessa administração. Como pode a população da Rua Santa Luzia, esperar desde a posse, e passados 3 anos e 7 meses não termos a realização de uma ação estruturante, por parte da gestão do prefeito Dinha, como explicam a decisão de retirar até o gari, que fazia a varrição das ruas do bairro, faltou respeito da PMSF e da JOTAGÊ suprimir o nosso direito de acesso à limpeza urbana na comunidade”. Foi o relato de uma das lideranças do Santa Luzia, Valney Salles. Fonte: Redação, com informações da comunidade “O jornalismo tem o papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro. Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional. Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos.” Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservado