Prefeito da Região Metropolita de Salvador, sofre cobranças da ausência de política publica social

56

Simões Filho: Cidade considerada como a SÉTIMA maior arrecadação do Estado da Bahia. Está `a aproximadamente 100 dias, sendo administrada sob Estado de Emergência. Porém, essa “abundância” financeira segundo o relato de vários cidadãos, entidades, não chegam como política pública às famílias que passam por vulnerabilidade social, diante dos efeitos da pandemia, causada pelo Covid19. RECLAMAÇÕES Os insatisfeitos, são muitos; Empresário e Empreendedores do Comércio, Permissionários do Mercado Municipal, Ambulantes, Associações de Bairro, relatam a pouca, ou nenhuma ação de política Social, para minimizar os danosos efeitos nos orçamentos das famílias. SOLIDARIEDADE & RESPONSABILIDADE SOCIAL A iniciativa tem procurado agir aplicando o conceito de Responsabilidade Social, para com as comunidades, vizinhas às suas instalações: Procia, QuÍmica Amparo, Coca-Cola, Postos Paraky, fizeram doações à Prefeitura Municipal de Simões Filho, de Kit’s de Higiene e Cestas Básica, porém não se sabe para quem, quais critérios de distribuição, pois o que mais verifica-se nas Redes Sociais são reclamações da ineficiência, na distribuição de Cestas Básicas e até mesmo queixa relacionada à quantidade de produtos que compõem as cestas entregues até o momento. DESABAFO: A munícipe Sâmela Ferreira, cansada de esperar e vendo a situação complicar-se com o passar dos dias de inatividade, em virtude dos vários Decretos que limitaram a circulação, interrompendo a atividade do comércio e prestadores de serviços, amplificou sua desilusão com a falta de ações, efetivas, da administração da Boa Terra Boa Gente, liderada pelo prefeito DINHA – MDB, compartilhou uma série de indagações, até aqui sem respostas oficiais, através do Facebook: Fonte: Redação “O jornalismo tem o papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro. Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional. Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos.” Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservado