Operação Dardanários: Foi preso o Secretário de Transportes de SP e ex-ministro das cidades Baldy

35

A força tarefa da Lava Jato prendeu, nesta quinta-feira (6), Alexandre Baldy, secretário estadual de Transportes Metropolitanos de SP, por suspeita de fraudes na Saúde. Outras duas pessoas foram presas, entre eles um pesquisador da Fiocruz, Guilherme Franco Netto. Segundo as investigações, o secretário de João Doria — deputado federal licenciado (Pode-GO) e ministro das Cidades no governo Temer –, responde por atos suspeitos antes de assumir a pasta.

As prisões foram feitas no âmbito da Operação Dardanários para desarticular conluio entre empresários e agentes públicos, que tinha por finalidade contratações dirigidas, especialmente na área da saúde. A ofensiva apura crimes de corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Os policiais federais cumprem seis mandados de prisão e 11 de busca e apreensão nas cidades de Petrópolis (RJ), São Paulo (SP), São José do Rio Preto (SP), Goiânia/GO e Brasília/DF. Segundo a PF, três pessoas já foram presas. Alexandre Baldy Esteve em Simões Filho, quando era Ministro das Cidades, fazendo uma série de ações que beneficiariam o Bairro de Pitanguinha. O então ministro das cidades, chegou no Heliponto do Cefet, recebido com honras de estado, tendo o município investido, somente na queima de fogos, mais de 30 mil reais. E, até o momento não registra-se o inicio das obras prometidas e entrou água na vida do Baldy… Com o cumprimento da referida ação da lava Jato – Operação Dardanários. Fonte: Redação, Agência Estado “O jornalismo tem o papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro. Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional. Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos.” Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservado