Fúria da Natureza: “Ciclone bomba” deixa ao menos sete mortos no Sul do País

18

Santa Catarina: Ao menos sete pessoas morreram durante a passagem de um “ciclone bomba” na região Sul do País. Em Santa Catarina, três mortes foram registradas em Tijucas, uma em Santo Amaro da Imperatriz, uma em Chapecó e uma em Ilhota. No Rio Grande do Sul, uma morte também foi registrada. Segundo o Corpo de Bombeiros de Santa Catarina (CBMSC), uma pessoa segue desaparecida em Brusque. O forte temporal também provocou diversos estragos. Os principais registros recebidos pelo CBMSC foram de queda de árvore e destelhamento. Os fortes ventos dificultam também a comunicação, já que muitas cidades estão sem sinal de telefone e internet ou sem luz. De acordo com a Defesa Civil do estado, em diversos pontos os ventos causaram queda da energia elétrica. No total 1.360.962 unidades consumidoras foram afetadas.
No Rio Grande do Sul, a Defesa Civil informou que mais de 300 casas foram destelhadas, a queda de árvores também bloqueou ruas e rodovias em diversos pontos do estado. Conforme o MetSul Meteorologia, a ciclogênese explosiva, também conhecida como “bomba meteorológica” ou “ciclone bomba”, ocorre quando a pressão atmosférica no centro de um ciclone cai em média 1 hPa por hora em 24 horas, ou seja, no mínimo 24 hPa em 24h.  O fenômeno é caracterizado por chuva intensa, tempestades e muito vento.

Na manhã desta quarta-feira (1), o ciclone bomba estava entre os assuntos mais comentados nas redes sociais e os internautas compartilharam diversos registros da força do vento e do céu na região Sul. Fonte: Redação / Notícias Polêmicas – Vídeo. “O jornalismo tem o papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro. Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional. Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos.” Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservado

Deixe uma Resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui