Casa Branca cancela coletiva em meio à tensão entre Trump e a imprensa

51

A Casa Branca cancelou nesta segunda-feira(27) sua coletiva de imprensa diária sobre o coronavírus, programada para o final da tarde, às 17h locais. O cancelamento segue uma multiplicação de tuítes agressivos do presidente Donald Trump contra a mídia. Na semana passada, as divagações do presidente sobre se uma injeção de desinfetante poderia ajudar a combater a pandemia de coronavírus provocou uma onda de críticas que irritou Trump. No sábado, o republicano deu a entender que não iria mais aparecer todos os dias. O cancelamento da coletiva de Trump traz dúvidas se as reuniões com os outros membros do gabinete de crise – o vice-presidente Mike Pence e os médicos Anthony Fauci e Deborah Birx – vão continuar nas próximas semanas. Enquanto isso, Trump retoma a uma das retóricas que costuma utilizar contra a imprensa: “Notícias falsas, inimigos do povo”. “Nunca houve, em toda a história do nosso país, meios mais hostis e perversos do que atualmente, mesmo em meio a uma emergência nacional contra o ‘Inimigo Invisível’!. Os Estados Unidos estão prestes a superar a marca de um milhão de contágios confirmados de COVID-19. Fonte: Agência France Press Foto: Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, durante a conferência de imprensa diária na Casa Branca em 24 de abril de 2020 – AFP “O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro. Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional. Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos.” Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservados.