Bahia leva a melhor contra o Avaí e entra no G6 do Brasileirão

30

Na Ressacada, o Bahia confirmou a sua excelente fase na temporada, derrotou o Avaí por 2 a 0 em finalmente entrou na zona de classificação da Libertadores. Agora, o Esquadrão de Aço é o sexto colocado, com 37 pontos. O Leão de Santa Catarina é o penúltimo colocado, com apenas 16 pontos. Na próxima rodada, o Avaí encara o CSA, no estádio Rei Pelé. O Bahia volta a campo no fim de semana para medir forças com o Athletico-PR, na Arena Fonte Nova.

O duelo A etapa inicial foi toda do Bahia. Seguro dentro de campo, a equipe de Roger Machado dominava o Avaí e conseguia envolver a defesa do rival com facilidade. O gol parecia questão de tempo e ele veio com Élber depois de belo chute da entrada da área. Sem deixar o rival se recuperar, o Tricolor chegou ao segundo gol na sequência. Nino Paraíba chutou, a bola desviou no adversário e matou o goleiro do Leão. A vantagem deu tranquilidade ao Bahia, que deixou o Avaí atacar, mas não levava perigo, pois a falta de criatividade atrapalhava na construção. No abafa, Lourenço chegou a diminuir, mas o atacante estava impedido na origem da jogada. Insatisfeito com a baixa qualidade no meio-campo, Alberto Valentim mandou o experiente Douglas a campo e obteve melhora na etapa final. Com o camisa 10 inspirado, o Leão começou a chegar e empurrou o Tricolor para o campo defensivo. Na melhor oportunidade, o armador desviou de cabeça e o seu xará salvou o Bahia em linda defesa. Apesar da presença no ataque, o Avaí não furava a defesa do Esquadrão. O jeito foi apostar no chuveirinho, mas sem sucesso. A dupla Juninho e Lucas Fonseca tiraram todos os levantamentos. Tímido para atacar, quando o Bahia resolveu apertar a marcação na saída de bola do adversário por muito pouco não ampliou. Fernandão bateu no canto direito e a bola triscou o poste. AVAÍ 0 X 2 BAHIA
Local: Ressacada, Florianópolis (SC)
Data-Hora: 30/9/2019 – 20h
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Auxiliares: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Leirson Peng Martins (RS)
VAR: Anderson Daronco (RS)
Público/renda: 7.052  pagantes/R$ 151.450,00 
Cartões amarelos: Léo (AVA), Guerra (BAH)
Cartões vermelhos: –
Gols: Élber (24’/1ºT) Nino Paraíba (26’/1ºT) AVAÍ: Lucas Frigeri; Léo, Betão, Ricardo e Igor Fernandes; Pedro Castro (Douglas, ao 0/2ºT), Richard Franco e Matheus Barbosa (Mosquera, ao 0/2ºT); Caio Paulista, Lourenço (Gegê, aos 21/2ºT) e Jonathan. Técnico: Alberto Valentim. BAHIA: Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Flávio, Gregore e Guerra (Ronaldo, aos 16/2ºT); Élber, Arthur (Lucca, aos 37/2ºT) e Gilberto (Fernandão, aos 35/2ºT). Técnico: Roger Machado. ” O jornalismo tem o papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro. Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional. Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos.” Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservados.

Deixe uma Resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui