Parque São Jorge: Corinthians arrecada 23 toneladas de alimentos. a Fiel torcida presente 27.026 é o “Bando de Loucos…!

648

Copa Do Brasil, 2022: Uma torcida que coloca 27 mil pessoas para apoiar os jogadores, num treino em plena tarde de segunda-feira, merece muito ver o seu time campeão. E, nesse caso, se o futebol fosse disputado nas arquibancadas, o título da Copa do Brasil deveria ser do Corinthians.

Aqui poderia ser dito que só verdadeiros malucos largariam tudo para apoiar o seu clube do coração em um treino aberto em meio ao horário comercial, como foi ontem (17), mas o que é insanidade para todos se torna natural quando se entende que a nação corintiana é o verdadeiro bando de loucos.

Para o torcedor do Timão, fidelidade não é mero adjetivo, é estilo de vida. Colocado em prática cada vez que o time precisa do combustível que vai além do tático, técnico e físico: é o espírito. E a alma do Coringão está fora das quatro linhas.

Escutei de algumas pessoas que o título corintiano começou a ser conquistado no treino aberto, e não dúvido. A Fiel tem essa capacidade de tatuar na mente e coração dos atletas que é sangue no olho, e o Corinthians não é brincadeira. Mas também digo que qualquer conquista que venha ocorrer começou muito antes da final.

Foto: José Manoel Idalgo / Ag. Corinthians

Através de cada louco do bando, o Timão deu um bico em qualquer possibilidade de vexame na Copa do Brasil contra a Portuguesa-RJ, ainda na terceira fase; abriu vantagem em um clássico, contra o Santos, nas oitavas de final; virou um ‘duelo perdido’ contra o Atlético-GO, nas quartas; fez valer a grandeza corintiana contra o Fluminense, na semi; e agora está prestes a fazer história em um Maracanã lotado de rivais. 

É natural que nos momentos de decisão a atenção se volte aos torcedores dos clubes envolvidos, mas para a Fiel a final começa desde o primeiro jogo do campeonato. E nessa Copa do Brasil não foi diferente.

Fonte: Lance

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossasociedade.

O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos.”