Papo Reto: Para Rui Costa “Lugar de chorar é no pé do Cabloco”

408

Eleições 2022: O governador Rui Costa (PT) condenou ontem a divulgação de informações, consideradas por ele como “plantadas” pelos adversários na imprensa, sobre um suposto pedido de retirada da candidatura de Jerônimo Rodrigues (PT) a governador da Bahia, em troca do apoio do União Brasil, partido do ex-prefeito de Salvador, ao presidente Lula (PT) nas eleições presidenciais. 

“O desespero é tanto que não quer nem disputar a eleição [na Bahia]. Quer ganhar a corrida de 100 metros sozinho. Para de desespero, lugar de chorar é no pé do Cabloco, no Campo Grande”, afirmou Rui, durante entrevista à Rádio Sucesso FM de Camaçari. 

Para o governador, o ex-prefeito já deve começar a se conformar com a derrota em outubro próximo. “Ele sabe que iremos vencer as eleições, porque o povo está cansado da bagunça que fizeram com o Brasil. O partido dele [União Brasil] votou tudo que [o presidente] Bolsonaro quis. O povo quer a volta do Lula, quer alguém que invista em saúde, educação, alguém que cuide da vida das pessoas”, defendeu Rui. 

O presidente do PT da Bahia, Éden Valadares, também afirmou que a oposição teme o resultado das urnas com a vitória de Jerônimo e por esse motivo tenta criar cenários improcedentes, a exemplo da condicionante do União Brasil para apoiar Lula, o que não passa de desespero do grupo do ex-prefeito de Salvador, ACM Neto.   

“O palanque de Lula na Bahia está montado e vai vencer com Jerônimo governador e Otto senador. O resto é desespero de quem está vendo seus planos caírem por terra. Primeiro, era a estória de dizer que a nacionalização não influencia as eleições estaduais. Depois, insinuou que poderia votar em Lula. Agora, nas vésperas das convenções, apela para a desistência de adversários”, destacou Éden. 

O presidente do PT estadual argumentou ainda que a oposição tem sentido o termômetro nas ruas, onde a população tem manifestado grande apoio ao candidato de Rui Costa, Jaques Wagner e Lula no estado. “A turma que dizia que a eleição estava ganha não conhece a Bahia. Aí começaram a viajar, olhar nos olhos do povo e o desespero tomou conta. Nós seguimos com maturidade, humildade e muita confiança no nosso trabalho. Sábado será a convenção do time que vencerá as eleições na Bahia, com Lula presidente, Jerônimo governador e Otto senador”, concluiu o dirigente estadual.  

Fonte: Rádio Sucesso  –  Foto: Anderson Dias

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos”