Neymar enfrenta julgamento a um mês da Copa do Mundo

90

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A um mês do início da Copa do Mundo, o jogador Neymar enfrenta a partir desta segunda-feira (17) um julgamento, na Espanha, por supostas irregularidades em sua transferência ao Barcelona, em 2013. Desde 2017, o jogador defende o Paris Saint-Germain (PSG).

O atacante chegou ao tribunal, em Barcelona, ao lado dos pais, também processados no caso, mas foi liberado mais cedo, pois havia disputado um jogo no domingo (16) à noite e estava cansado.

Neymar é acusado do crime de corrupção empresarial. Também são processados seus pais, os ex-presidentes do Barcelona Sandro Rosell e Josep Maria Bartomeu e o ex-presidente do Santos Odílio Rodrigues Filho.

Os outros acusados são três pessoas jurídicas: Barcelona, Santos e a empresa fundada pelos pais de Neymar para administrar sua carreira.

O grupo DIS, que possuía 40% dos direitos econômicos do atacante na época em que ele defendia o Santos, diz que Neymar praticou corrupção privada e estelionato em razão de contratos simulados na época da venda.

O contrato firmado entre Santos e Barcelona foi divulgado na ocasião como sendo de 17 milhões de euros (R$ 71 milhões). Documentos mostram que o valor da negociação do atleta, feita em 2013, já bateu a casa dos 90 milhões de euros (R$ 385 milhões), de acordo com advogados do caso.

Fonte: Notícias ao Minuto