Neymar e Richarlison voam na pré-convocação, e Alisson é ‘bombardeado’

SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) – A primeira rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões foi a última oportunidade para os brasileiros que atuam na Europa assegurarem uma vaga na convocação para os últimos amistosos antes da Copa do Mundo do Qatar, contra Gana e Tunísia. Tite divulga a lista para os amistosos nesta sexta-feira (9), às 11h (de Brasília).

Os confrontos de abertura da principal competição europeia mostraram que Tite conta com boas alternativas para o ataque, como o inspirado Neymar e o goleador Richarlison. O goleiro Alisson, por outro lado, deixou uma pulga atrás da orelha do treinador da seleção brasileira.

Nesta quarta (7), Richarlison foi eleito o melhor em campo ao marcar duas vezes para o Tottenham na vitória por 2 a 0 sobre o Olympique de Marselha. Em sua primeira temporada pelo time inglês, o brasileiro de 25 anos chorou abraçado ao pai após a atuação de gala em sua estreia na Champions.

"Desde o início da minha carreira, sonhei com esse momento. Estou muito feliz de realizar esse sonho. Para mim é uma conquista muito grande", afirmou Richarlison, emocionado, à TNT Sports.

Já na última terça-feira, Neymar e Vinicius Jr. também chamaram a atenção. Mesmo sem balançar as redes, o camisa 10 do Paris Saint-Germain teve boa atuação na vitória por 2 a 1 sobre a Juventus e deixou o Parque dos Príncipes com uma assistência de cavadinha para Mbappé, que marcou os dois do PSG.

Atual campeão da Champions, Vinicius Jr. chamou a responsabilidade após a saída do lesionado Benzema e abriu o placar para o Real Madrid na vitória por 3 a 0 sobre o Celtic. Luka Modric e Hazard fecharam a conta para os espanhóis.

JÁ O ALISSON….

Se as opções para o ataque da seleção brasileira aproveitaram, e bem, a rodada da Liga dos Campeões, o mesmo não pode ser dito sobre o goleiro Alisson, do Liverpool.

Apesar de ter defendido um pênalti no jogo de ontem, contra o Napoli, o arqueiro brasileiro foi vítima de um verdadeiro bombardeio e sofreu impressionantes quatro gols.

O placar final foi de 4 a 1 para os italianos, com gols de Zielinski (duas vezes), Anguissa e Simeone. Luíz Díaz descontou para os comandados de Jurgen Klopp.

Fonte: Notícias ao Minuto

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.