Napoli triunfa e vira líder isolado; Roma supera Inter de virada em clássico

A manhã de sábado foi de jogos importantes pela oitava rodada do Campeonato Italiano. Líder e invicto, o Napoli venceu o Torino por 3 a 1 no estádio Diego Armando Maradona. Internazionale e Roma fizeram clássico no estádio Giuseppe Meazza e a Roma voltou a vencer no estádio, o que não acontecia desde 2017. Após sair perdendo, a Roma virou o jogo e venceu por 2 a 1.

Suspenso, o técnico José Mourinho não pôde ficar no banco de reservas no reencontro com seu ex-time e não viu de perto a reação da Roma na casa dos adversários. A Roma salta na tabela com o triunfo deste sábado, chegando a 16 pontos, na quarta colocação. Já a Inter volta a oscilar no torneio, fica com quatro vitórias e quatro derrotas, em sétimo, com 12 pontos.

O Napoli resolveu rapidamente o jogo contra o Torino na manhã deste sábado pela oitava rodada do Campeonato Italiano e abriu três pontos de vantagem na liderança do Campeonato Italiano. Com 20 pontos, o Napoli pode ser alcançado pela Atalanta, que joga neste domingo. O time de Luciano Spalletti perdeu o fôlego na reta final do último campeonato e espera manter o ritmo para brigar pelo título até o fim na atual temporada.

Aos 5 minutos, Zambo Anguissa pulou muito alto para cabecear após cruzamento de Mario Rui e mandou a bola no cantinho para fazer 1 a 0. Cinco minutos mais tarde, o mesmo André Zambo Anguissa recebeu com um corredor aberto pela direita e disparou em velocidade para finalizar por baixo do goleiro e fazer 2 a 0.

Impiedoso, o Napoli marcou o terceiro gol aos 36 minutos com a jovem estrela Kvaratskhelia, que arrancou pelo lado esquerdo e finalizou rasteiro cruzado, fazendo 3 a 0. O Torino marcou seu gol de honra ainda no primeiro tempo, aos 43. O paraguaio Antonio Sanabria dominou na área e finalizou na rede lateral para descontar.

EM MILÃO

O jogo começou equilibrado e a Internazionale conseguiu sair na frente do placar aos 29 minutos. Dimarco recebeu ótima bola enfiada por Barella e finalizou de primeira no canto. Rui Patrício não conseguiu defender e o placar foi aberto. Este foi o primeiro gol de Dimarco no Campeonato Italiano.

Aos 37, a Roma teve ótima chance para empatar, mas Handanovic defendeu as finalizações de Spinazzola e Dybala. O árbitro ainda apontou falta no lance. Na jogada seguinte, aos 39, Paulo Dybala empatou a partida, mantendo seu início impressionante com a cabeça romana. Spinazzola fez cruzamento preciso e o argentino emendou de primeira para superar Handanovic e empatar por 1 a 1. Este foi o quarto gol de Dybala no Campeonato Italiano, além de duas assistências.

A Internazionale por muito pouco não voltou a ficar na frente do placar aos 18 minutos da etapa final. Çalhanoglu exerceu uma de suas especialidades com maestria e cobrou falta certeira que explodiu no travessão de Rui Patrício. A Inter continuou pressionando e ficou perto de marcar. Asllani arriscou da entrada da área e levou muito perigo.

Se o time de Milão não conseguiu aproveitar seu bom momento, a equipe da capital italiana foi fatal com Chris Smalling aos 30 minutos. Após cobrança de falta na área, o zagueiro inglês subiu para cabecear e fazer 2 a 1 para o time visitante. Abraham ainda teve chance de ampliar em contra ataque, em duelo individual com Skrinjar, mas finalizou para fora. Nos acréscimos, a Inter pressionou e Smalling salvou em cima da linha para garantir a vitória por 2 a 1 para a Roma.

Fonte: Notícias ao Minuto

 

 

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos.”

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.