‘Não tive escolha a não ser parar’, diz Ribéry ao anunciar aposentadoria do futebol

SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) – Aos 39 anos, Franck Ribéry anunciou sua aposentadoria do futebol nesta sexta-feira (21). O atacante estava atuando pela Salernitana, da Itália. Nas últimas semanas, a imprensa europeia já havia especulado que o francês estaria pensando em pendurar as chuteiras por conta dos constantes problemas físicos.

O anúncio foi feito pelo próprio jogador nas redes sociais. Na legenda da publicação, Ribéry escreveu: "A bola para. Os sentimentos dentro de mim, não".

No vídeo onde aparece em fotos atuando por diversos clubes ao longo da carreira, Ribéry também mandou um recado aos fãs.

"Queridos amigos, queridos fãs. Eu quis fazer esse vídeo para dizer que o tempo chegou para mim, para eu me aposentar como jogador de futebol. Com vocês e com o seu apoio, fui capaz de tornar meu sonho realidade e eu agradeço vocês do fundo do meu coração. O fato de eu ser capaz de jogar futebol no meu mais alto nível por mais de 20 anos e ter essa carreira também se deu porque, até nos momentos de dificuldades, vocês sempre estiveram lá", começou dizendo o agora ex-jogador.

"Vocês me deram a força para viver essa incrível aventura. Entretanto, hoje, apesar dos esforços que vinha fazendo nos últimos três meses, a dor que sinto no meu joelho só tem piorado e os médicos foram claros: eu não tinha escolha a não ser parar de jogar. Então eu tive que encerrar minha carreira como jogador profissional. É o fim de um lindo capítulo da minha vida", completou o jogador em outro trecho do vídeo.

Ribéry se profissionalizou no futebol em 2000, pelo Boulogne, da França, depois de passar um tempo no Lille. Após passar por Olympique Alès, Stade Brestois e Metz em seu país, o atacante se mudou para o Galatasaray, da Turquia, voltando à sua terra natal pouco depois para jogar no Olympique de Marseille.

Em 2007, Ribéry chegou ao Bayern de Munique, onde viveu o auge de sua carreira. Foram 12 anos no clube alemão e 24 títulos conquistados. Foi atuando pelo time da Baviera que o francês foi eleito o melhor jogador atuando na Europa em 2013 pela UEFA. No mesmo ano, no entanto, o atleta ficou atrás de Cristiano Ronaldo na disputa para vencer a Bola de Ouro, que naquela época era entregue de forma conjunta pela FIFA com a revista "France Football".

Após os anos de glória no Bayern, Ribéry se aventurou no futebol italiano, onde estava até hoje. O jogador defendeu Fiorentina e Salernitana no "País da Bota".

Pela seleção francesa, Franck disputou 81 partidas e esteve presente nas Copas do Mundo de 2006 e 2010.

Fonte: Notícias ao Minuto

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.