Memória: Chico Buarque faz homenagem ao MST e às vítimas de Eldorado dos Carajás

Cantor lembrou o aniversário de 26 anos do Massacre de Eldorado dos Carajás, que passou a ser reconhecido como o Dia Internacional da Luta Camponesa.

O cantor, compositor e escritor Chico Buarque postou um vídeo nas redes sociais em que lê um trecho do livro “O Massacre”, de Eric Nepomuceno, sobre o aniversário de 26 anos do assassinato de 21 militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), em Eldorado dos Carajás.

A data passou a ser reconhecida como o Dia Internacional da Luta Camponesa, em homenagem às vítimas do Massacre de Eldorado dos Carajás, em 1996.

Mutilações e mortes

Na ocasião, além das mortes, a Polícia Militar do Estado do Pará mutilou outros 69 homens e mulheres que estavam em marcha na Rodovia PA-150, hoje Rodovia BR-155, enquanto reivindicavam a desapropriação da fazenda Macaxeira e implementação de uma vasta pauta de Reforma Agrária na região sul e sudeste do Pará. E até hoje, sobreviventes do massacre lutam por justiça e contra a impunidade.

 

 

Foto: Créditos, Reprodução de Vídeo – Twitter

 

 

 

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos”.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.