Luto: Morre um ícone da Televisão, Teatro, Escritor, Humorista… Jô Soares, faleceu aos 84 anos

426

Brasil, perde uma das maiores expressões CULTURAL: Morreu, na madrugada desta sexta-feira (5), o humorista e apresentador Jô Soares, aos 84 anos. A informação foi divulgada por Flavia Pedras Soares, ex-mulher do entrevistador, em seu Instagram. Ele estava internado desde julho. A causa da morte não foi divulgada.

“Faleceu há alguns minutos o ator, humorista, diretor e escritor Jô Soares. Nos deixou no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, cercado de amor e cuidados. O funeral será apenas para família e amigos próximos”, escreveu.

“Assim, aqueles que através dos seus mais de 60 anos de carreira tenham se divertido com seus personagens, repetido seus bordões, sorrido com a inteligência afiada desse vocacionado comediante, celebrem, façam um brinde à sua vida. A vida de um cara apaixonado pelo país aonde nasceu e escolheu viver, para tentar transformar, através do riso, num lugar melhor”, continua a publicação.

“Viva você meu Bitiko, Bolota, Miudeza, Bichinho, Porcaria, Gorducho. Você é orgulho pra todo mundo que compartilhou de alguma forma a vida com você. Agradeço aos senhores Tempo e Espaço, por terem me dado a sorte de deixar nossas vidas se cruzarem. Obrigada pelas risadas de dar asma, por nossas casas do meu jeito, pelas viagens aos lugares mais chiques e mais mequetrefes, pela quantidade de filmes, que você achava uma sorte eu não lembrar pra ver de novo, e pela quantidade indecente de sorvete que a gente tomou assistindo”, seguiu Flavia, com quem Jô teve um relacionamento entre 1987 e 1998.

“Obrigada para sempre, pelas alegrias e também pelos sofrimentos que nos causamos. Até esses nos fizeram mais e melhores. Amor eterno, sua, Bitika”, finalizou.

A cantora Zélia Duncan, amiga do apresentador e atual mulher de Flavia Pedras Soares, também fez uma publicação em seu Twitter informando a morte de Jô. “O Brasil perdeu hoje um artista único, um comediante que amava seu ofício acima de tudo, um ator fora de série. Um entrevistador brilhante. Um cidadão que amava seu país e seus amigos. Jô Soares, obrigada por tanto!”, escreveu.

Texto: Será atualizando, no decorrer do período.

Fonte: IstoÉ, com informações, Flavia Pedras Soares /  Foto: Divulgação.

“O jornalismo tem o papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos.”