Lisca minimiza críticas da torcida e aponta Santos ‘eficiente, mas não eficaz’

As vaias recebidas da torcida do Santos após a derrota para o Goiás, por 2 a 1, nesta segunda-feira, na Vila Belmiro, diante do Goiás, não afetaram o comportamento do técnico Lisca, que minimizou as críticas e apontou sua equipe eficiente, mas não eficaz.

"Críticas são normais, quando perdemos em casa. Representamos o Santos, um clube grande e a responsabilidade é de todos. Criamos muitas oportunidades, pressionamos, fomos eficientes porque criamos chances, mas não fomos eficazes porque não concluímos com acerto", disse o treinador, em entrevista coletiva.

Lisca não concordou com a postura do goleiro João Paulo, que assumiu a culpa pela derrota, após ser encoberto em finalização do atacante Pedro Raul, do Goiás. "O João já nos salvou em muitas partidas, é um grande goleiro e não tem nada de assumiu a culpa sozinho. Quando ganhamos, ganhamos todos. Quando perdemos, perdemos todos."

O técnico santista afirmou que não há tempo para lamentar o mau resultado. Segundo ele, os jogadores precisam se recuperar rapidamente para buscar os pontos perdidos em casa na próxima rodada, diante do Ceará, em Fortaleza, no próximo sábado. "Não tem jogo fácil no Campeonato Brasileiro, principalmente neste final, quando cada time tem seu objetivo e seu interesse. Por isso é que temos de nos recuperar o mais rápido possível."

Fonte: Notícias ao Minuto

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.