Karim Benzema, o F1 do futebol, conquista a Bola de Ouro

106

(FOLHAPRESS) – Apresentado aos seus colegas experientes, Karim Benzema, então com 18 anos, teve de passar pelo batismo comum aos novatos no elenco do Lyon: fazer um discurso diante de todos. O jovem atacante tropeçou nas palavras e os mais velhos, como Sylvain Witord, Elber, Sidney Govou e Florent Malouda começaram a rir.
"Não riam. Eu estou aqui para tomar o lugar de vocês", avisou Benzema naquele janeiro de 2005.

Dezessete anos depois, ninguém ri mais. Em uma das maiores reviravoltas já registradas no futebol europeu, o jogador que era sombra de Cristiano Ronaldo e se tornou um pária do futebol francês foi escolhido o melhor do mundo pela revista France Football. Nesta segunda-feira (17), ele ganhou a Bola de Ouro, prêmio dado pela publicação para o principal craque da temporada.

A eleição não foi nenhuma surpresa. Benzema era favoritíssimo para vencer depois de ter sido escolhido o melhor pela Uefa.

"Ele vai ficar com a Bola de Ouro. Ninguém tem dúvida", disse no mês passado o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez.

A vitória é mais um golpe no duopólio de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo no futebol mundial. O argentino foi o ganhador em 2021 mas nem disputou o prêmio em 2022. Cristiano Ronaldo terminou em 20º. É a primeira vez desde 2006 que nenhum dos dois está na lista dos três melhores.

"Desde que eu era criança, sempre foi um sonho ganhar a Bola de Ouro", Benzema já havia dito no ano passado, em entrevista ao diário espanhol AS. "É um sonho da maioria dos jogadores. É verdade que o futebol é esporte coletivo, mas, quando você ajuda a sua equipe a vencer, é protagonista nos triunfos e anota gols decisivos, é natural que aspire vencer a Bola de Ouro."

Na temporada 2021-2022, encerrada em maio, ele marcou 44 gols em 46 partidas. Foi fundamental para as conquistas do Real Madrid na liga espanhola e na Liga dos Campeões. O principal momento foi nas oitavas de final da competição europeia, quando anotou três vezes em 17 minutos para eliminar o Paris Saint-Germain (FRA).

Benzema se tormou o quinto francês a ganhar o prêmio criado em 1956. Antes dele, Kopa (1958), Michel Platini (1983, 1984 e 1985), Jean-Pierre Papin (1991) e Zinedine Zidane (1998) também venceram.

Fonte: Notícias ao Minuto