Jogador do Manchester United paga fiança e deixa prisão na Inglaterra

98

Após ser detido novamente no fim de semana, o atacante Mason Greenwood deixou a prisão nesta quarta-feira, após pagar fiança. O jogador do Manchester United, de 21 anos, havia sido por acusado de tentativa de estupro, comportamento coercitivo e agressão por sua ex-namorada.

O pagamento de fiança foi concedida pela Justiça nesta quarta, em uma audiência na cidade de Manchester. O jogador não esteve no tribunal, que permitiu sua libertação com as condições de que ele não tenha contato com a suposta vítima e testemunhas e que resida em endereço fixo.

Greenwood, que também é jogador da seleção da Inglaterra, deve comparecer novamente ao tribunal no dia 21 de novembro. O jovem atleta foi detido pela primeira vez em janeiro quando sua ex-namorada, a modelo Harriet Robson, divulgou fotos e vídeos mostrando machucados e ferimentos supostamente causados pelo jogador.

Após ser liberado por pagamento de fiança em janeiro, ele voltou a ser detido no sábado por quebras as regras impostas pela Justiça para seguir fora da prisão. Desde janeiro, o atacante não tem jogado pelo Manchester, que decidiu suspender o atleta de forma temporária até a resolução do caso.

A tentativa de estupro teria acontecido em outubro de 2021. O comportamento de "controle e comportamento coercitivo" se refere ao período de novembro de 2018 a outubro do ano passado. Greenwood teria feito ameaças e comentários depreciativos sobre a vítima, além de controlar e monitorar as contas de redes sociais dela. As agressões teriam acontecido em dezembro de 2021.

Fonte: Notícias ao Minuto