Irmão de Pogba reaparece em vídeo e acusa meia de usar feitiço para vencer a Copa

Sob custódia enquanto é julgado por extorsão, Mathias Pogba reapareceu em vídeos publicados nas redes sociais nesta sexta-feira, fazendo novas acusações contra o irmão Paul Pogba, meio-campista da Juventus. No registro, gravado antes de Mathias ser detido, ele diz: "se você está assistindo ao vídeo, é porque Paul encontrou uma maneira de me calar". Então, relata como o irmão teria contratado um feiticeiro para ganhar a Copa do Mundo de 2018 com a França e também para prejudicar a carreira do companheiro Mbappé.

"Encomendou a um bruxo que a França ganhasse o torneio. É um feiticeiro bastante jovem, chamado Ibrahim, apelidado de Grande, que é sócio secreto da empresa Team 5, localizada em Roissy-en-France", diz o irmão do astro francês em dos vídeos. "Paul tinha mais fé no feiticeiro do que em Deus, confiando ao bruxo uma grande tarefa de ajudar o time francês a vencer".

Sobre o caso de Mbappé, disse que Paul agiu contra o companheiro por inveja. "O bruxo foi instruído a neutralizar Kylian Mbappé, que naquela época estava em rápida ascensão, superando a fama de Paul, sem saber que pelas costas Paul estava se envolvendo com feitiçaria para sabotar suas partidas", relatou.

Anteriormente, Mathias já havia acusado o irmão de ter usado feitiçaria contra Mbappé, mas os mais de 30 novos vídeos publicados nesta sexta apresentam um discurso mais detalhado. Não é possível saber quando a declaração foi filmada, mas o uso de diferentes camisetas indica que as partes podem ter sido gravadas em mais de um dia. Tudo o que ele fala está sendo lido de um papel.

De acordo com Mathias, o feiticeiro seria amigo próximo do ex-jogador Alou Diarra e teria sido recomendado a Paul Pogba pelo marfinense Serge Aurier, lateral-direito do Nottingham Forest. Ele também afirmou que o irmão recorreu à feitiçaria "para garantir que o Manchester United passasse contra o PSG" na Liga dos Campeões de 2019.

Mathias é acusado, ao lado de amigos de infância, de tentar extorquir o irmão. O grupo teria pedido 13 milhões de euros (cerca de R$ 67,2 milhões) ao meio-campista para não revelar segredos sobre sua vida. Nos vídeos, Mathias alega que está à mercê de criminosos que seriam os verdadeiros autores da extorsão. "Ele sempre se cercou de criminosos e delinquentes que usou para se proteger nas ruas e fazer negócios", afirmou. Em outro vídeo da série, diz que Paul abandonou membros da família e os deixou na miséria.

Fonte: Notícias ao Minuto

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.