Família Queiroga, suspeição sobre reforma e venda do Hospital Santa Paula

1121

Lucro indevido: Surgem as primeiras informações que colocam em xeque a lisura, do atual ministro da Saúde, Dr. Marcelo Queiroga, trata-se de contestações sobre como o ministro tem lidado com o dinheiro dos contribuintes.

A classe médica sempre quer lucrar, nestes mais de um ano de pandemia não seria diferente. Marcelo Queiroga, colocado à frente do Ministério da Saúde, e fazer valer-se da sua estratégica posição, para  obtenção de lucros, torna-se crime.

E é essa a questão, e os indícios veem do Hospital Santa Paula, administrado por sua família, na capital do Estado Paraíba, João Pessoa.

O Hospital Santa Paula, foi fundado por parentes  da esposa de Marcelo Queiroga, Dra. Simone Teotônio de Araújo Queiroga Lopes, o hospital estava desativado desde 2012 por sérios problemas financeiros. 

PANDEMIA

Visando aumentar os atendimentos aos pacientes de Covid, recorreu ao Governo da Paraíba, através do governador João Azevêdo, com a reforma do imóvel.

Até aí tudo normal, se não fosse observado um agravante, todos os custos da referida reforma foram pagos com dinheiro do Estado, Dr. Queiroga, e demais acionistas não desembolsaram recursos da empresa para fazer frente às despesas.

A farra com o dinheiro público, arrecadado dos contribuintes paraibanos, ultrapassa a cifra de  R$ 1,27o milhões.

Hospital Santa Paula

O resultado desta gastança é o ressurgimento de um renovado Hospital Santa Paula, completamente reformado e, para surpresa da sociedade paraibana, após a reforma a novíssima unidade hospitalar está colocada à venda, com o valor foi fixado em R$ 47 milhões.

O que causa espanto é a lucratividade da operação, em uma rápida avaliação orçamentária, percebe-se que haverá um saldo de aproximadamente  R$ 45 milhões. Portanto, haverá ao confirmar-se a operação de venda um astronômica lucratividade para o Ministro Queiroga e seus familiares, tudo patrocinado pelos cofres públicos.

MISTÉRIO O anúncio da venda do Hospital Santa Paula foi retirado porque o governo da Paraíba já o teria adquirido (Crédito:Divulgação)

VIRTUAL ENGENHARIA

A empresa contratada para a execução da obra foi a Virtual Engenharia, contratada sem licitação pelo governo da Paraíba. Quem controlava a empresa era Roberto Crispim Paschoal de Oliveira, ex-prefeito da cidade de  Juazeirinho – PB, que já foi alvo de ação de improbidade administrativa, conhecida prestadora de serviços da  Prefeitura de João Pessoa, através do Instituto Federal de Educação e o Departamento Nacional de Obras Contra a Seca.

OPERAÇÃO EM SUSPEIÇÃO

Já foi noticiada a venda do Hospital Santa Paula pelo próprio governo da Paraíba: Absurdo, primeiro o Estado reformou, com gasto de por R$ 1,27 milhão, agora realiza operação de compra no valor de  R$ 47 milhões.

Caso confirme-se tal compra, trata-se de uma flagrante má administração dos recursos do Estado, podendo ser enquadrado de crime contra a administração pública. Até o nome do  Hospital, mudou agora chama-se Hospital Frei Damião

A Corretora é Invicta Negócios Imobiliários, entretanto a publicação da venda em um passe de mágica, “sumiu”da pagina eletrônica. Segundo um dos administradores da empresa, a retirada do anúncio deve-se à confirmação de que o hospital já havia sido negociado ao Governo do Estado.

CPI DA PANDEMIA – Marcelo Queiroga

Renan Calheiros – Senador perguntou, ao ministro sobre o Hospital Santa Paula, a pergunta queria esclarecimentos, sobre quais os benefícios lhes era gerado por ser administrado por sua família… 

A resposta, Foi  absolutamente nada:

“Então, meu sogro tem um hospital, chamado Santa Paula (…). Não tenho nenhum tipo de relação com a sua gestão. A informação que posso lhe dizer é essa”. O governo da Paraíba, por sua vez, confirma que colocou dinheiro do povo na reforma da unidade.

 

Fonte: Redação Nacional – Fotos: José Marques

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos.”

Deixe uma Resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui