Eleições 2022: Otto Alencar, mantém dianteira nas intenções de votos, segundo pesquisa Opnus

Eleições 2022: A disputa para o Senado tem Otto Alencar (PSD), atual titular da cadeira, como favorito nos cenários espontâneos e estimulados aferidos pela pesquisa, divulgada nesta segunda-feira (21).

No cenário espontâneo, quando os entrevistados não são apresentados aos candidatos e têm que dizer um nome, Alencar aparece com 4% das citações. Jaques Wagner (PT), que não irá concorrer, tem 2%. Já o vice-governador João Leão (PP), que postulará a vaga pelo grupo de oposição aparece com os mesmo 2%. Rui Costa (PT), atual governador, também foi citado por 2% dos entrevistados. O petista poderia deixar o cargo para disputar a cadeira, mas tem dito a aliados que concluirá o mandato à frente do Palácio de Ondina. 

Ainda no cenário espontâneo, 1% dos entrevistados citou ACM Neto (UB), pré-candidato ao governo. A médica bolsonarista Raíssa Soares (PL) foi também citada por 1%. Brancos e Nulos somaram 6%. Já “não sabe/não respondeu” representa 79% da amostragem. 

Pesquisa estimulada – Já quando o entrevistado é apresentado aos candidatos, o atual senador Otto Alencar mantém a dianteira, com 27% das citações. Ele vem acompanhado de Leão, com 11%. O deputado federal Márcio Marinho (Republicanos) foi escolhido por 6%, à frente do também deputado federal Félix Mendonça Jr. (PDT), que apareceu com 3%. Prefeito de Mata de São João, João Gualberto (PSDB), somou 2% das intenções de voto. 

Brancos e nulos foram 14%; já “não sabe/ não respondeu” chegou a 36%. 

O levantamento foi realizado pelo Instituto Opnus, encomendada pela Salvador FM, entre os dias 16 e 18 de Março, 2022.

Fonte: Salvador FM – Foto: Waldemir Barreto /Agência Senado

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos”.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.