Dragão “Fantasma”: Atlético-GO vence e abre vantagem contra o Corinthians na Copa do Brasil

507

Futebol – 2022:  Algoz do Corinthians na Copa do Brasil do ano passado, o Atlético-GO deu um passo gigantesco para repetir o feito em 2022. Nesta quarta-feira (27), o Dragão bateu o Timão por 2 a 0, pelo jogo de ida das quartas de final da competição nacional.

Os gols atleticanos foram marcados por Jorginho e Léo Pereira. O primeiro na etapa inicial e o segundo na final.

O confronto de volta acontecerá em três semanas, no dia 17 de agosto, na Neo Química Arena, em São Paulo.

https://www.youtube.com/watch?reload=9&v=6MUurnSPxcg&feature=youtu.be


DRAGÃO COMEÇA COM TUDO 

Logo aos dois minutos de partida, o Atlético-GO assustou o Corinthians. A jogada iniciou com um lançamento do meia Marlon Freitas para Jorginho, que ajeitou de cabeça para Ricardinho bater firme e obrigar Cássio a fazer grande defesa.

CÁSSIO GIGANTE

O goleiro completou a sua partida de número 603 pelo Timão em Goiânia, se tornando o atleta da sua posição com mais jogos com a camisa corintiana.

CÁSSIO FAZ JUS AO JOGO HISTÓRICO

Recordista da noite, o goleiro do Corinthians fez nova grande defesa aos oito minutos de partida, quando Wellington Rato recebeu de Jorginho e bateu forte de perna esquerda.

DRAGÃO ABRE O PLACAR

Após alguns minutos sem chances de grandes perigos e com o Corinthians esboçando ocupar o campo de ataque, o Atlético-GO conseguiu abrir o placar.

O lance que originou o gol atleticano começou de forma muito parecida com o criado pelo Dragão no início da partida, tendo Marlon Freitas acertando um lançamento no meio-campo. O camisa 8 encontrou Dudu em condições, e o lateral cruzou para trás achando Jorginho livre na entrada da área para bater e marcar. A bola ainda desviou em Raul Gustavo, do Timão, antes de entrar.

Atlético GO x Corinthians
Atlético-GO foi melhor e bateu o Corinthians (Foto: Alan Deyvid / ACG)

TENTATIVA DE RESPOSTA RÁPIDA

Menos de cinco minutos após sofrer o gol, o Corinthians foi para cima com Yuri Alberto. Já que a bola não chegava ao centroavante, foi ele quem caiu pelo lado esquerdo, passou por dois marcadores e cruzou para trás. A bola chegou em Du Queiroz, que bateu, mas a zaga atleticana afastou.

CORINTHIANS VOLTA DIFERENTE

Não só com as entradas de Adson e Giuliano, no lugar de Róger Guedes e Du Queiroz, o Timão retornou para o segundo tempo com uma postura diferente.

Logo no primeiro minuto, Giuliano abriu para Yuri Alberto pelo lado direito. O centroavante, assim como fez no primeiro tempo, foi para cima, arrancou, mas dessa vez não conseguiu concluir como queria. A bola ainda sobrou para Giuliano, que foi bloqueado.

DRAGÃO VOLTA A ASSUSTAR

Mas a chegada corintiana logo no primeiro minuto do segundo tempo não refletiu uma mudança de postura da equipe em toda a etapa final. O Time do Povo diminuiu o ritmo e aos seus minutos da etapa final quase sofreu o segundo gol.

Novamente a defensiva corintiana foi frouxa na marcação, e o Atlético-GO chegou ao ataque com facilidade. Dessa vez Peglow fez grande jogada pela esquerda e cruzou para trás, com Jorginho chegando de forma muito parecida como foi no gol marcado no primeiro tempo. Dessa vez, no entanto, a bola foi para fora, tirando tinta da trave esquerda de Cássio.

MELHOR MOMENTO DO CORINTHIANS

Aos 20 minutos do segundo tempo houve a melhor oportunidade do Corinthians no jogo, com Giuliano.

A jogada iniciou com uma rebatida errada de Baralhas em cima de Willian, que puxou o contra-ataque e sofreu falta já no seu campo de ataque. O meia corintiano cobrou rapidamente e colocou Giuliano em ótima condição pelo lado esquerdo. O camisa 11 bateu bem, mas a bola caprichosamente passou tirando tinta da trave direita.

Ô LOUCO, BICHO

Aos 20 minutos do segundo tempo, o técnico Vítor Pereira promoveu a entrada do volante argentino Fausto Vera, que quase estreou com o pé esquerdo, errando um passe no campo defensiva e permitindo uma ótima chegada atleticana com Jefferson. O jogador do Dragão cruzou por baixo, e Wellington Rato não chegou por centímetros.

ATLÉTICO MATA O JOGO COM GOLAÇO

Aos 42 minutos do segundo tempo, o atacante Léo Pereira matou a partida com um golaço. A equipe atleticana transitou em velocidade ao ataque e a bola terminou na entrada da área corintiana, pela esquerda e bateu colocado no canto esquerdo de Cássio.

ATLÉTICO-GO 2 X 0 CORINTHIANS
COPA DO BRASIL – QUARTAS DE FINAL – JOGO DE IDA

Local: Antônio Accioly, Goiânia (GO)
Data e hora: 27 de julho de 2022, às 21h30
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CE)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (FIFA-RJ) e Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE)
Árbitro de vídeo: Adriano Milczvski (PR)
Público e renda: 12.089 pessoas / R$ 1.031.825,00
Cartões amarelos: Edson (Atlético-GO)
Cartões vermelhos: 

GOLS: 1-0 Jorginho (22’/1T); 2-0 Luiz Fernando (42’/2T)

ATLÉTICO-GO: Ronaldo; Dudu (Hayner, 27’/2T), Wanderson, Edson Felipe e Jeferson; Gabriel Baralhas, Marlon Freitas e Wellington Rato (Léo Pereira, 35’/2T); Jorginho (Shaylon, 35’/2T), Ricardinho (Luiz Fernando, 17’/2T) e Peglow (Airton, 17’/2T). Técnico: Jorginho.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner (Rafael Ramos, 19’/2T), Gil, Raul Gustavo (Fabián Balbuena, 31’/2T) e Lucas Piton; Cantillo (Fausto Vera, 19’/2T), Du Queiroz (Giuliano, intervalo) e Maycon; Róger Guedes (Adson, intervalo), Yuri Alberto e Willian. Técnico: Vítor Pereira.