DEMOCRACIA: Um certo vereador, exige respeito à Câmara de Vereador, que nem ele mesmo respeitou…!!!

Brasil:  Um país considerado como a maior democracia da América Latina, nos últimos tempos tem presenciado ações contrárias, intimidadoras, ao trabalho da imprensa, ações de constrangimento tem acontecido, de forma repetida, pelo próprio presidente da República Federativa do Brasil e servido de bússula para outros aprendizes de censores.

SIMÕES FILHO / CENSURA

Em Sessão Plenária, na última terça, 10, Câmara de Vereadores de Simões Filho,  Região Metropolitana de Salvador, ao fazer uso da palavra, extrapolando a sua proteção garantida pela Constituição Cidadã de 1988,o Vereador Adailton Caçambeiro, em um discurso, teceu críticas à opinião veiculada, na Rádio Simões Filho FM – 87.9, sem citá-la, e tão pouco o autor do comentário, mesmo assim agredindo e de forma velada ameaçando e exigindo “respeito à casa legislativa e seus vereadores”.

“Eu escutei em uma rádio ontem, que esta Casa só estava dizendo amém, eu acho que essa casa tem que ser mais respeitada, e aqui não tem moleque, que está fazendo molequeira. E por isso eu digo e repito, temos cada um mandato legitimo, essa Casa é um casa que se respeita” disse enfático o nobre Edil.

RESPEITO x LIBERDADE 

O eleitor, internauta e a Qualificada Audiência, acompanham a linha editorial do Panorama de Notícias, e temos mantido inalterado, apesar das pressões pessoais e financeira, a independência de opinião. Assinamos, os editoriais, cientes que trará desconforto, e mexerá com a ZONA DE CONFORTO, principalmente da classe política. 

Mantemos, a nossa sensação, assim como o cidadão, de que os LEGISLADORES, deixam de cumprir suas funções, de FISCALIZADORES, para a barganha, o apoio irrestrito, transformando a sede da Câmara de Vereadores, em um “PUXADINHO DO EXECUTIVO”, aprovando projetos, sem o amplo debate, sem abrir as reuniões das comissões, para que a sociedade acompanhem as discussões, negociações. Tudo é aprovado, em velocidade recorde. Projetos, que não respeitam as diretrizes da Responsabilidade Social, sem informar a origem, dotação dos recursos públicos, para garantirem a sua aplicação.

Os problemas da Saúde, Educação, Transporte e Segurança, são abordados superficialmente, e em todas as “Sessões ORDINÁRIAS”, fica evidente, constrangedor, a necessidade de citar e parabenizar as ações mais simples do Executivo, com Parabéns… Parabéns… Parabéns…!!!

O ilustre Edil, Adailton Caçambeiro, que pede respeito à casa Legislativa, é o mesmo que a desonrou, ao agredir, de forma violenta, covarde, durante  reunião de pauta da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), em outubro de 2019, nesta mesma Câmara de Vereadores com socos o também vereador Luciano Almeida, durante análise, discussão e posterior elaboração do parecer referente as contas da Prefeitura Municipal de Simões Filho, relativas ao exercício de 2017.

OPINAMOS

Em uma entrevista, após a sessão que manteve seus direitos políticos, ainda no plenário da Câmara, o Panorama de Notícias, disse ao vereador, que o resultado era uma agressão à história da Casa Legislativa, pois por respeito ao parlamento municipal, aos eleitores e, principalmente, ao homem, pai, avó, e político, que sofreu a agressão esperava-se a sua cassação. Assim opinamos, na época, em um posicionamento franco, democrático e em respeito às leis, foi essa posição do Panorama de Notícias.

Assim, temos pautado nosso trabalho  jornalístico. Independência, coragem, e o compromisso de manter a sociedade simõesfilhense, plenamente informada, valendo esclarecer de que quando afirmamos que os vereadores transformaram a Câmara em um local do AMÉM, não trata-se de desrespeitar, e sim constatar de forma irônica, a incapacidade dos EDIS manterem-se  sua liberdade, independência, ao cobrar, criticar, o Poder Executivo, independentemente, do nome do prefeito, exige-se que tenham, ai sim, RESPEITO, ao eleitor, ao cidadão, sem temer perder nomeações ou possíveis privilégios.

Ratificamos, com a nossa Qualificada Audiência, nossa independência editorial. No Panorama de Notícias, enquanto a presidência da Simões Filho FM, nos garantir o espaço, faremos as pautas de entrevistas, convidaremos àqueles que tenham conteúdo, história e coragem para tirar da zona de conforto os que querem intimidar, com truculência, o sagrado direito constitucional de informar e omitir opinião.

Às autoridades constituídas, em Simões Filho, exigimos de forma recíproca respeito.

Ataíde Barbosa – Romário dos Santos

Panorama de Notícias

 

 

 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.