DEBATES: Ciro Gomes propõe participação de todos os  presidenciáveis

Eleições 2022: O pré-candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, voltou a cobrar que todos os demais pré-candidatos participem dos debates ao vivo nos veículos de comunicação.

Nesta quarta-feira (13), MDB, PSDB e Cidadania entregaram ao TSE um manifesto propondo um “pacto de não agressão” entre as campanhas presidenciais. No Twitter, Ciro apoiou a ideia, mas afirmou que é necessário que todos os partidos se comprometam com a participação de seus candidatos nos debates.

“Representantes de alguns partidos, inclusive do PT, encaminharam ao TSE um manifesto que propõe um ‘pacto de não agressão’ entre as campanhas e os candidatos. Acho ótimo, mas proponho algo mais. […] Mas sugiro, igualmente, que conste deste acordo uma cláusula com compromisso firmado, por todos os signatários, de participarem de debates ao vivo nos meios de comunicação”, disse o pedetista.

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL) já sinalizaram que não devem comparecer no primeiro turno. Ao contrário do que afirma Ciro, o PT não participou da elaboração do manifesto.

Ciro disse apoiar “qualquer iniciativa” em prol da normalidade do pleito. Segundo ele, no entanto, é preciso haver confronto de ideias para garantir a paz.

A troca ampla de ideias e o confronto de propostas são as maiores garantias de uma paz democrática e duradoura.

Ao ministro do TSE, o PT pediu que a Corte adote as medidas administrativas cabíveis para a garantia da segurança e da paz no processo eleitoral do ano de 2022, a promover a soberania do Estado de Direito, em especial para resguardar a integridade de eleitoras, eleitores, colaboradores da Justiça Eleitoral, autoridades públicas, candidatas e candidatos.

Fonte: CNN – Foto: Pedro Ladeira – Folhapress

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos”

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.