Conte diz que Richarlison não corre risco de perder a Copa: ‘Lesão não é grave’

98

A lesão sofrida por Richarlison no último sábado, ao que tudo indica, não irá tirá-lo da Copa do Mundo. Na vitória sobre o Everton por 2 a 0, o atacante brasileiro deixou o estádio usando muletas, cena que preocupou a comissão técnica do Tottenham e da seleção brasileira. Nesta segunda-feira, Antonio Conte, treinador do clube inglês, afirmou que Richarlison estará na Copa.

"Posso confirmar isso: o jogador não corre o risco de não jogar a Copa do Mundo, absolutamente. A lesão não é tão grave. Estou feliz pelo jogador", afirmou o treinador. Richarlison ainda irá passar por exames de ressonância magnética, para determinar o grau exato da lesão, mas o treinador acredita em uma volta dele antes do mundial.

"Ele tem um problema na panturrilha. Precisa de um pouco de tempo para se recuperar e depois ficar em forma. Espero que jogue outros jogos conosco antes da Copa do Mundo", contou o italiano. A última partida do Tottenham, antes da parada para o Catar, é contra o Leeds United, no dia 12 de novembro, pelo Campeonato Inglês. A Copa tem início no dia 20 do mesmo mês.

O tempo de recuperação para uma lesão na panturrilha é variável. No grau 1, o atleta pode voltar aos gramados após duas semanas, enquanto no grau 3 pode levar até três meses. Richarlison, enquanto ainda jogava pelo Everton, teve uma lesão semelhante e se recuperou em menos de um mês", afirmou o atacante à ESPN após a partida contra o Everton.

Além de Richarlison, outros jogadores também preocupam a comissão técnica da seleção brasileira. Bremer, zagueiro da Juventus e convocado por Tite para os amistosos contra Gana e Tunísia, sofreu uma lesão na coxa neste fim de semana e deve levar 20 dias para se recuperar. Brasil estreia no dia 24 de novembro na Copa do Mundo, diante da Sérvia. A lista final de Tite, com 26 atletas, será divulgada no próximo dia 7 de novembro.

Fonte: Notícias ao Minuto