Com polarização: Ministro do STF, Marco Aurélio, confirma voto em Bolsonaro no 2º turno contra Lula

982

Brasília: O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello admitiu que votará no presidente Jair Bolsonaro caso ele venha a enfrentar o petista Luiz Inácio Lula da Silva. Apesar dos embates do atual presidente da República com o Tribunal do qual já foi integrante, Marco Aurélio alegou que não reconhece como alternância de poder a volta de Lula ao cargo de chefe do Executivo.

Sessão da primeira turma do STF , ministro Marco Aurelio Mello. Brasilia. Foto: Sérgio Lima – PODER 360

“Não imagino uma alternância para ter como presidente da República aquele que já foi durante oito anos presidente e praticamente deu as cartas durante seis anos no governo Dilma Rousseff. Penso que potencializaria o que se mostrou no governo atual e votaria no presidente Bolsonaro, muito embora não seja bolsonarista”, disse, rindo, em entrevista ao site UOL. 

Marco Aurélio afirmou ainda que, no primeiro turno, gostaria de votar no candidato que estiver em terceiro lugar por não ser afeito à polarizações. Elogiou a candidatura da senadora Simone Tebet (MDB-MS), mas afirmou que não teria problema em votar em Ciro Gomes (PDT), caso seja ele o terceiro colocado. “Reconheço que ninguém conhece mais o Brasil do que Ciro Gomes. Eles, às vezes, é um pouco açodado na fala, mas, paciência, creio que é um bom perfil”. 

Fonte: O Estado de S. Paulo 

“O jornalismo tem o papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos.”