Cássio é liberado, participa do treino e será o goleiro do Corinthians na decisão

68

Cássio é fominha quando o assunto é defender o Corinthians. Mesmo em partidas com os titulares poupados, o goleiro não abre mão de estar em campo. Com uma inflamação na planta do pé, ele foi convencido a não encarar o Athletico-PR para estar inteiro diante do Flamengo. Nesta segunda-feira, o camisa 12 trabalhou normalmente com os demais companheiros no CT Joaquim Grava e será o titular no jogo de ida da decisão da Copa do Brasil, na Neo Química Arena.

Vítor Pereira já havia adiantado que contava com sua muralha na quarta-feira. Os médicos também garantiram que Cássio está bem. A prova vem dele com colete vermelho e calça de frio por baixo do calção trabalhando normalmente nesta segunda-feira fria em São Paulo. O goleiro disputou toda a atividade, com olhos atentos, e pronto para tentar frear o forte poderio ofensivo dos cariocas.

Cássio é o maior campeão do atual elenco corintiano, com nove taças, mas ainda não conquistou uma Copa do Brasil. Teve a chance em final contra o Cruzeiro, em 2018, mas acabou derrotado. Ele sabe que por suas defesas pode vir o título inédito e não quer saber de ser poupado.

O Corinthians sofreu apenas um gol em quatro jogos da Copa do Brasil na Neo Química Arena, de Wellington Rato, do Atlético-GO, já no fim da goleada por 4 a 1 das quartas de final. Na época, mesmo com a vaga encaminhada, Cássio esbravejou bastante com os defensores por deixarem o meia bater de fora da área. Não ser vazado em casa será essencial para o time sonhar com a taça no Maracanã, dia 19.

Para este jogo de ida, Vítor Pereira pode surpreender com uma escalação mais reforçada na marcação, com o polivalente Rony podendo aparecer no meia para a saída de Gustavo Silva ou Adson, que brigam pela vaga na ponta, caso o treinador desista de mexer desde o início e mantenha três homens na frente.

Fonte: Notícias ao Minuto