Campeão Palmeiras fecha Brasileirão com derrota para o vice Internacional

Campeão brasileiro com três rodadas de antecedência, o Palmeiras encerrou a competição com derrota por 3 a 0 para o Internacional no Beira-Rio na tarde deste domingo. O duro revés quebrou uma longa série invicta do time alviverde como visitante e impediu que a equipe terminasse o torneio como a única a não perder fora de casa. O triunfo dos gaúchos foi assegurado com gols de Maurício, Alemão e Braian Romero e coroa uma campanha valorosa, a segunda melhor do torneio.

Eram 18 partidas na condição de visitante sem o Palmeiras ser derrotado no torneio. O resultado negativo também encerra uma invencibilidade de 22 partidas na competição, mas não apaga o brilho de um campanha eficiente e consistente do hendecacampeão, que sofreu apenas três derrotas em 38 partidas.

O Inter fez uma admirável trajetória, a melhor de sua história em pontos corridos, e fecha o Brasileirão como vice-campeão. Foram 73 pontos somados, oito ao menos que o Palmeiras.

Os gaúchos garantiram a vitória em casa com dois gols no primeiro tempo, etapa em que foram amplamente dominantes diante de um Palmeiras desentrosado, com caras novas, e inegavelmente desinteressado.

Maurício abriu a contagem com um golaço de canhota. O chute potente da entrada da área aproveitando o pivô de Alemão morreu no ângulo direito de Vinícius Silvestre. O primeiro gol saiu aos nove minutos. De lá até o fim da etapa inicial os mandantes foram soberanos e dominaram o atual campeão. No fim, ampliaram com outro bonito gol, desta vez anotado por Alemão.

O centroavante encerrou jejum de dois meses sem marcar concluindo para as redes bonita trama coletiva que envolveu Wanderson, Bustos, Taison e Maurício. Dudu chutou por cima do gol a única chance dos visitantes.

No segundo tempo, as mexidas de Abel Ferreira renovaram os ânimos do time e o deixou melhor, mais criativo e menos relaxado. Efetivamente, no entanto, não teve efeito, já que o goleiro Keiller segurou o ataque alviverde com belas defesas. Parou Endrick em chute rasteiro e fez milagre no cabeceio de Navarro.

No fim, para deixar a torcida eufórica, o Inter marcou mais um, transformando a vitória em passeio. O argentino Braian Romero foi às redes com um belo e sutil toque na saída de Vinícius Silvestre, decretando o triunfo do vice-campeão sobre o campeão nacional.

FICHA TÉCNICA

INTER 3 X 0 PALMEIRAS

INTERMACIONAL – Keiller; Bustos, Vitão, Gabriel Mercado e Renê; Matheus Dias (Estevão), De Pena, Taison (Lucas Ramos) e Mauricio (Pedro Henrique); Wanderson e Alemão (Romero). Técnico: Mano Menezes.

PALMEIRAS – Vinícius Silvestre; Mayke, Luan, Murilo e Vanderlan; Danilo, Atuesta (Menino) e Scarpa (Tabata); Rony (Navarro), Dudu (Giovani) e Endrick (López). Técnico: Abel Ferreira. Técnico: Abel Ferreira.

GOLS – Maurício, aos 9, e Alemão, aos 38 do primeiro tempo; Romero, aos 39 do segundo.

ÁRBITRO – Bruno Arleu de Araujo (Fifa/RJ).

CARTÕES AMARELOS – Atuesta, Alemão, Endrick, Lucas Ramos e López.

PÚBLICO – 31.632 torcedores.

RENDA – R$ 673.848,00.

LOCAL – Estádio Beira-Rio.

Fonte: Notícias ao Minuto

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.