Belarus e Rússia terão tropas conjuntas junto à Ucrânia

65

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Em uma escalada paralela à violência em campo na Ucrânia, a Rússia e sua aliada Belarus anunciaram nesta segunda-feira (10) o envio de uma força conjunta de mil soldados para patrulhar fronteiras da ditadura de Minsk.

Até aqui, o vizinho permitiu ações militares russas contra Kiev por seu território, mas não empregou suas forças lá.
Não está claro o que ocorrerá agora, mas o ditador Aleksandr Lukachenko disse que a Ucrânia está "abrindo uma frente" contra seu país, explodindo pontes e minando pontos estratégicos.

Em constante tensão com o vizinho, a Polônia pediu que seus cidadãos deixem o território belarusso devido à escalada. Varsóvia é um dos membros mais belicosos e antirrussos da Otan.

Fonte: Notícias ao Minuto