Barragem em Minas Gerais entra em estado de alerta

92

BRUNA FANTTI
RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) – A barragem Córrego do Sítio (CDS II), em Santa Bárbara, Minas Gerais, entrou em nível de alerta 1, de três possíveis, neste sábado (8). O alerta, feito de forma preventiva, caracteriza que "a segurança da estrutura foi afetada, mas de forma remediável", conforme o plano de ação e emergências. Não há necessidade do acionamento de sirenes ou evacuação.

O registro foi estabelecido pela AngloGold Ashanti que, em nota, ressaltou não existir "risco iminente de rompimento". Segundo a mineradora, a medida foi tomada depois que técnicos identificaram uma trinca, de centímetros de largura, durante uma inspeção de rotina, na sexta (7).

"A mudança para nível 1 é preventiva e seguirá até a apresentação dos estudos e análises da auditoria externa especializada, confirmando a segurança e estabilidade da barragem", afirmou a mineradora.

Segundo o plano de ação, o nível 1 é caracterizado por estado de prontidão e quando a situação ainda pode ser controlada pelo empreendedor. Já o nível 2 é a situação de alerta e emitido quando a situação de nível 1 não puder ter sido extinta ou controlada. O nível 3, emergência, é emitido quando a situação foge do controle do empreendedor.

A barragem possui 82 metros de altura e 540 metros de comprimento. Em junho deste ano, ela recebeu a declaração de condição de estabilidade da ANM (Agência Nacional de Mineração), após vistoria.

Fonte: Notícias ao Minuto