Arraiá do Aconchego: Soraia Cabral, marca presença “Arraiá do Aconchego” Segurança, Festa e Alegria…!! Até 2023

726

Candeias: Arraiá do Aconchego, o maior evento de São João, no coração da RMS – Região Metropolitana de Salvador. Realização da administração Dr. Pitágoras Ibiapina, (PP), com vasta programação musical entre os dias 23 à 26 de junho, segundo projeções da Polícia Militar foram mais de 70 mil pessoas, em um clima de total “Aconchego” e segurança, uma celebração à cultura e ao retorno desse novo normal, pós pandemia.

A primeira dama do município de Candeias, Soraia Cabral, marcou presença com a família, curtindo a programação junto com a comunidade Candeense:

“Estou muito feliz… É uma retomada. houve acerto na diversidade das atrações, participação dos músicos locais, ver nosso povo, principalmente, as mulheres, divertindo-se, celebrando a vida. E, com muita segurança, em um ambiente de muita alegria e Paz…! somos gratos aos artistas, à toda equipe da prefeitura de Candeias, por entender a importância do Arraiá do Aconchego, foi lindo.” disse Soraia Cabral ao Redação Nacional / Tô na Área.

Ouçam a integra da entrevista, Exclusiva, concedida pela primeira dama e pré-Candidata à Deputada Estadual, Soraia Cabral, ao Programa TÔ NA ÁREA – Redação Nacional.

Foram momentos que ficarão marcados na memória de todos que contribuíram para a realização desta linda celebração, em 2023 tem mais Arraiá do Aconchego, até lá…

Nota: A equipe de jornalismo do Redação Nacional / TÔ NA ÁREA, agradecem o convite para a referida cobertura, parabéns aos profissionais da ASCOM-PMC, pelo profissionalismo e dedicação. Foi um “Aconchego” trabalharmos em conjunto. Que venha 2023…

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.
Compromisso com a Verdade, esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.
Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos”.