Após 22 anos, João Dória deixa PSDB

1090

O ex-governador de São Paulo João Doria anunciou sua desfiliação do PSDB após 22 anos no partido. O anúncio foi feito pelo próprio empresário e político, em seu Twitter, na manhã desta quarta-feira, 19.



No anúncio, Doria disse que cumpriu sua “missão política partidária pautado na excelência da gestão pública e em uma sociedade mais justa e menos desigual”.

Pela legenda, além de governador do Estado, Doria também foi prefeito de São Paulo e, nas eleições deste ano, foi escolhido como pré-candidato à Presidência da República. Na ocasião, ele derrotou o ex-governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e o ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, em eleição interna do partido. 

Apesar de opiniões contrárias dentro do partido, Doria tentou se manter como candidato, mas acabou desistindo da corrida em maio. “Me retiro da disputa com o coração ferido e a alma leve”, disse na ocasião.

No anúncio desta quarta-feira, o ex-governador acrescentou ainda que encerra a etapa de cabeça erguida. “Orgulhoso pela contribuição que pude dar a São Paulo e ao Brasil, graças à generosidade e à confiança de todos aqueles que optaram pelo meu nome em três prévias e duas eleições”.

“Com minha missão cumprida, deixo meu agradecimento e o firme desejo de que o PSDB tenha um olhar atento ao seu grandioso passado em busca de inspiração para o futuro. E sempre em defesa da democracia, da liberdade e do progresso social do Brasil”, completou.

 

Fonte: Portal Terra

 

 

“O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossasociedade.

O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos.”